Publicidade

FPT Industrial entrega mais potência e economia para os novos caminhões da Iveco

A FPT Industrial, uma das maiores produtoras de motores industriais do mundo, desenvolveu três novos motores para atender especialmente as novas gerações de caminhões da Iveco. Os lançamentos Tector de 17 e 26 toneladas são equipados com motores da família NEF, enquanto o modelo Stralis MY17 nas versões 440 e 480 cv, recebe um nova versão do consagrado motor C13. Isso significa melhor consumo, com mais potência e torque para os caminhões Iveco.

Motor FTPO desenvolvimento das novas versões contou com a integração das equipes da FPT Industrial do Brasil, de Torino (Itália) e da Iveco Brasil. Focando nas necessidades dos seus clientes, os testes realizados pela FPT Industrial incluíram mais de 26 mil horas de engenharia e mais de um milhão de quilômetros que simularam condições reais de trabalho em estradas brasileiras.

As versões exclusivas de motores desenvolvidos para os mais recentes lançamentos da Iveco reforçam o DNA de inovação tecnológica da FPT Industrial em fornecer soluções cada vez mais modernas ao mercado. Para Marco Aurélio Rangel, presidente da FPT Industrial na América Latina, “o destaque dos lançamentos para a Iveco e do histórico de entregas de novas tecnologias para o mercado, está na flexibilidade da FPT em desenvolver e adaptar seus produtos de acordo com a necessidade de cada cliente”.

“Temos trabalhado a partir do nosso Centro Técnico regional – sempre em conjunto com os nossos clientes – para atingir o máximo em performance, eficiência energética e menores níveis de emissões de poluentes. Esses são quesitos importantes para o transporte em qualquer país e estão sempre presentes em nossos motores, agregando valor aos produtos que equipam”, destaca. “Um dos avanços está nos novos propulsores NEF, com maior cilindrada e melhor performance”.

“O trabalho em conjunto com o cliente também enriquece ainda mais os resultados. No caso do lançamento da Iveco, os caminhões foram testados e aprovados por clientes da marca ao longo dos últimos meses, o que reforça a satisfação com os resultados entregues pelos motores FPT Industrial, principalmente em termos de performance e economia de combustível”, completa.

N45 e N67 – Mais potência e menor consumo

Os novos motores N45 e N67 apresentam maior cilindrada, novos componentes de performance desenvolvidos para alcançar maior densidade de potência e melhor desempenho nas aplicações automotivas.

O N45 – que irá equipar o Tector de 17 toneladas – é um motor otimizado e eficiente com 206 cv e torque máximo de 720 Nm. A FPT Industrial optou por melhorias em componentes de performance como pistões e turbo compressores para alcançar maior potência e melhor eficiência energética. Com as alterações, a nova versão traz entre 8 e 10% de redução no consumo de combustível no veículo. O motor N45 foi desenvolvido com o mais alto nível de tecnologia para satisfazer as necessidades dos clientes mais exigentes, com a mesma durabilidade e confiabilidade dos produtos FPT.

A FPT Industrial é responsável também pela propulsão do novo Tector de 26 toneladas, que recebe o motor N67 já consagrado na Europa. Esse motor foi desenvolvido para as necessidades regionais e agora conta com maior cilindrada, potência e torque, além de possuir calibrações adequadas para aplicações mais severas. Nesta nova versão o motor alcança uma nova faixa de potência e de torque máximos, de 300 cv e 1050 Nm, respectivamente, além de melhores retomadas e respostas mais rápidas. Outra característica desse motor é a redução de vibrações e ruídos.

C13 – Nova turbina e desenvolvimento exclusivo para o mercado brasileiro

Para o novo caminhão Stralis MY17 com versões 440 e 480 cv, a FPT Industrial apresenta o novo C13, motor desenvolvido exclusivamente para o mercado brasileiro. O propulsor possui novas calibrações preparadas no centro técnico da FPT Industrial no Brasil, com mais torque em baixas rotações, um dos principais destaques desta nova versão. Anteriormente o modelo 440 cv tinha torque de 2100 Nm, enquanto a nova versão possui 2250 Nm. O modelo 480 cv, que antes tinha torque de 2250 Nm, possui agora torque de 2400 Nm na versão exclusiva para o Stralis Hi-Way.

Com o desenvolvimento exclusivo, a nova geração do motor alcançou a redução de até 4% no consumo de diesel e, também, até 6% no consumo de Arla32, devido à otimização da curva de torque para aplicação em solos brasileiros.

Maratona de testes comprovam a qualidade dos novos motores

De acordo com Luiz Noronha, Gerente de Engenharia da FPT Industrial na América Latina, os testes dos motores foram realizados em duas etapas. “Na primeira delas foram avaliados o desenvolvimento e factibilidade com experimentos em dinamômetro, até que fosse alcançado o melhor ajuste de calibração e performance no motor”, afirma.

O processo de desenvolvimento dessa nova geração de motores passou pela definição técnica do melhor produto para atender às demandas locais; pelo desenvolvimento de novos fornecedores locais e globais; pela validação dos motores – seja com foco em confiabilidade do produto, seja quanto ao cumprimento das expectativas em relação à performance – e, por fim, pela validação da aplicação desse produto no mercado regional. Isso implica no cumprimento às legislações vigentes de homologação, como também uma ampla validação veicular, abrangendo todas as condições passíveis do uso do veículo.

Por fim, para ambos os motores, foram dedicadas mais de 8 mil horas de trabalho, com validações em bancada e testes funcionais de aplicação e homologação, envolvendo o time local e global.

Noronha conclui sobre o êxito dos testes: “A alta aceitação por parte dos clientes que testaram os lançamentos da Iveco equipados com as novas versões de motores FPT Industrial reforça a já conhecida satisfação com os resultados entregues pelo motor, principalmente em termos de performance e economia de combustível”.


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade