Publicidade

Ford: Vídeo mostra os bastidores da criação do Superesportivo GT

A Ford divulgou novo vídeo da série “O Retorno”, que mostra os bastidores da criação do Ford GT. Com o titulo “Na Vanguarda”, o enredo retrata o pensamento dos líderes da Ford e os sofisticados recursos usados para trazer o supercarro de volta às pistas – veja neste link: https://www.youtube.com/watch?v=-fQYuBZ-2ug.

O Ford GT teve a sua prévia há pouco mais de um ano, no Salão de Detroit. Após a apresentação mundial, a Ford anunciou a ousada proposta de voltar a competir na famosa corrida de Le Mans, na França.
O retorno do GT ao Circuit de la Sarthe, em junho próximo, é ansiosamente aguardado pelo mundo esportivo. Le Mans é lendária na história da Ford, desde que dominou o pódio da corrida de resistência mais famosa do mundo, em 1966, com três GTs. Até hoje, continua a ser a única fabricante americana campeã geral da prova.

Ford GTProjeto grandioso

Dave Pericak, diretor global da Ford Performance, destaca no vídeo a grandiosidade desse projeto e a decisão de quebrar barreiras, sem medo de falhar. “Esta é a primeira vez que desenvolvemos simultaneamente um carro para as pistas e para as ruas”, diz. “O desenvolvimento de carros de corrida e de produção começa de lados opostos. Nos carros de corrida começamos pelo pneu e nos carros de produção pelo motorista. Ao combinar as duas coisas, ficamos em dúvida se conseguiríamos fazer dar certo. Mas tudo se encaixou como previsto na ideia original”.

Raj Nair, vice-presidente de Desenvolvimento do Produto Global da Ford, fala sobre a aerodinâmica, o uso de fibra de carbono e o motor V6 EcoBoost no Ford GT. “Foi uma decisão do time usá-lo quase como um laboratório do que é possível fazer no restante da linha Ford. Aprendemos muito com isso. É uma incrível conquista de engenharia, mas também algo que vem do coração”, comenta.

No final, Bill Ford, presidente do Conselho da Ford, conta a emoção que sentiu ao ver o carro pela primeira vez. “Reservei o carro número 1 da série e ele não vai ficar guardado numa bolha ou guardado num museu: será dirigido por mim o máximo que eu puder”, revela.


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade