‘Manufatura criativa para alavancar resultados’ – Por Eduardo Domingues

O setor industrial vive novamente uma crise marcada por retração de volumes, queda de investimentos e créditos cada vez mais escassos. Para os mais experientes do ramo, os altos e baixos não são uma novidade numa economia flutuante e dependente de um cenário internacional e agora também político. Como de praxe, empresas cortam custos e estruturas em adequação a um chamado processo de sobrevivência. Há um problema neste elástico de custos, volumes e cadeias de suprimentos: a retomada que serviria de oportunidade se transforma em grandes perdas.

As estratégias são geralmente baseadas em três pilares: manter ou aumentar a posição no mercado frente aos concorrentes, melhorar a eficiência operacional e, por fim, manter os clientes por meio do atendimento de demandas a qualquer custo. Mas qual o papel da manufatura nesse processo?

Quem já ouviu falar em manufatura criativa entende a importância de incentivar o papel da liderança para desenvolver a estratégia da empresa a partir da manufatura. Precisamos de gestores diferenciados, que atuem de forma simples, mas com muita velocidade – competências chave para a implementação deste processo.

O papel do líder em tempos difíceis é o que realmente fará a diferença entre ganhar ou perder. Com poucos recursos disponíveis, cada líder deve entender o poder de motivar a equipe, dar autonomia e atacar os desperdícios em vez de cortar gastos para obter resultados. Ser agente de transformação é essencial para qualquer líder de manufatura fazer a diferença. Acredito que esta proposta trará às empresas grandes resultados não somente em termos qualidade e custos, mas em entrega e satisfação dos clientes.

Todo esse contexto será discutido no 7º Simpósio SAE BRASIL de Sistemas de Manufatura, que contará com a contribuição de executivos e especialistas sobre o comportamento e o papel do líder de manufatura para enfrentar a crise assim como a importância de empreender para alavancar resultados no futuro. Este encontro será realizado dia 1º de junho, na Universidade Positivo, em Curitiba, PR.

Eduardo Domingues é diretor industrial da CNH Industrial e chairperson do 7º Simpósio SAE BRASIL de Sistemas de Manufatura



Leia Também:
Anterior:

Próxima: