Publicidade

Amarok será o veículo oficial da terceira edição do Rally Mercosul

A Volkswagen Amarok será o veículo oficial da terceira edição do Rally Mercosul, que ocorre entre os dias 24 de setembro e 1º de outubro. O evento, que é organizado pela TSO e tem patrocínio da Volkswagen, contará com roteiro de regularidade, partindo de São Paulo em direção ao balneário uruguaio de Punta del Este. Serão sete etapas de trechos cronometrados em terrenos off-road e deslocamentos em comboio por estradas principais, totalizando cerca de 3 mil km.

“Certamente será uma ótima oportunidade para reforçar, na prática, toda a robustez e tecnologia da Amarok, que é uma das picapes mais inovadoras do mercado nacional e que conta com uma série de recursos exclusivos na categoria”, afirma o gerente executivo de Comerciais Leves da Volkswagen do Brasil, Ricardo Casagrande.

AmarokO Rally Mercosul 2016 será dividido em três categorias. A “Graduados” é destinada a pilotos e navegadores experientes, utilizando equipamentos de navegação do tipo integrado com o veículo. As médias de velocidade serão justas e exigirão muita concentração dos participantes.

A categoria “Turismo” tem como foco os pilotos e navegadores menos experientes, de maneira que não será permitida a utilização de equipamentos de navegação do tipo integrado com o veículo. As velocidades nesta categoria serão mais baixas do que as da categoria “Graduados”, permitindo com que as equipes apreciem mais as paisagens do roteiro.

Como a Amarok é o veículo oficial da organização da 3ª Edição do Rally Mercosul, a organização do evento criou uma categoria específica para a picape média Volkswagen. Quem participar com a Amarok, tanto na categoria “Graduados” como na “Turismo”, automaticamente concorrerá também ao “Troféu Volkswagen Amarok”. E mais: quem se inscrever com uma Volkswagen Amarok, terá desconto de 50% (metade) no valor da inscrição em qualquer categoria.

As duas primeiras edições do Rally Mercosul foram realizadas em 2004 e 2005, passando por diversos estados do Brasil, Uruguai, Argentina e Paraguai.

Amplo portfólio

A Amarok é oferecida no mercado brasileiro em nove opções de configuração, entre carroceria cabine simples e cabine dupla, com ou sem caçamba, tração 4×4 selecionável ou permanente, transmissão manual de seis marchas ou automática de oito marchas.

Na versão S da picape – oferecida em configurações de cabine simples (com tração 4×4) e de dupla (tração 4×4) – o motor 2.0 TDI conta com um turbocompressor e tem potência de 140 cv, que surgem a 3.500 rpm. O torque é de 34,7 kgfm, disponível a partir de 1.600 rpm.

Nas versões SE, Trendline, Trendline Série Dark Label, Highline e Highline Série Ultimate, o motor 2.0 TDI tem dois turbos, o que eleva sua potência para 180 cv. O torque máximo é de 40,8 kgfm a 1.500 rpm, com o câmbio manual de 6 marchas, na versão SE. Com o câmbio automático de 8 marchas (de série as versões Trendline e Highline), o torque máximo é de 42,8 kgfm a 1.750 rpm.

Força e inteligência

Topo de linha e com conteúdo inédito, a Amarok Highline Série Ultimate será um dos modelos de destaque no 3º Rally Mercosul. Completa de série, a série traz faróis bixênonio com luz de condução diurna em LED, novo santantônio de aço inoxidável e novo estribo plano de alumínio. Os vidros das portas traseiras e o vigia são escurecidos, assim como as lanternas.

Complementam o visual externo do modelo as rodas de liga leve aro 19” estilo “Cantera”, pneus 255/55 R19, a capa dos retrovisores na cor Prata Sargas com detalhe inferior cromado, o spoiler inferior dianteiro na cor chrome effect e a faixa lateral com a inscrição “Ultimate”.

Internamente, a picape conta com acabamento nobre, começando pelo revestimento parcial dos bancos em couro Alcantara. Sistema de som com navegação embutido no painel, bancos dianteiros com ajuste de altura, apoio lombar, aquecimento e airbags laterais estão entre os itens de conforto e de segurança. Há, ainda, pedaleiras de alumínio e tapetes com a inscrição “Ultimate”.

Disponível exclusivamente com a carroceria de cabine dupla e transmissão automática de oito marchas, a Amarok Highline Série Ultimate traz um refinado e tecnológico conjunto mecânico: motor TDI de 2 litros, 4 cilindros e 16 válvulas, com 180 cv, dotado de sistema de injeção direta common-rail e alimentado por dois turbocompressores, com torque máximo de 42,8 kgfm a 1.750 rpm.

Assim como todas as demais versões, a série especial traz de fábrica como item exclusivo na categoria o ABS “off road”, que otimiza a ação do ABS em solo solto (por exemplo, pedriscos e areia) e em velocidades de até 130 km/h, proporcionando uma maior eficiência de frenagem.

Tração integral 4MOTION, faróis e lanterna de neblina, sistemas ISOFIX para fixação de cadeiras para criança no banco traseiro, de auxílio ao motorista como o BAS (Sistema de Assistência à Frenagem), ASR (Controle de Tração) e EDS (Bloqueio Eletrônico do Diferencial) são equipamentos de série da picape Volkswagen. Juntamente com o Controle Eletrônico de Estabilidade (ESC), a Amarok Highline Série Ultimate dispõe para o motorista os sistemas HDC (Hill Descent Control ou Controle Automático de Descida) e HSA (Hill Start Assist ou Assistente para Partida em Subida).


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade