Publicidade

Setor de Nãotecidos discute as novas tecnologias e perspectivas para o segmento Automotivo em São Paulo

Os Nãotecidos são produtos muito usados no setor Automotivo, desde a admissão, coifas de câmbio, revestimento do capô, defletores de ar, isolante do painel de instrumentos, painel das portas, apoio de cabeça, teto pré-moldado, revestimento da coluna, tapete do porta-malas, revestimento do porta-malas, para-choques, revestimento do banco, banco completo, tapete do assoalho, isolador acústico, console, revestimento do para-choques, pneus, cintos de segurança, entre outras aplicações. Em 2015, 8% da produção de Nãotecidos foram destinados ao setor Automotivo.

Pensando no desenvolvimento conjunto desses dois setores inter-relacionados, a ABINT (Associação Brasileira das Indústrias de Nãotecidos e Tecidos Técnicos) vai reunir em sua sede, em São Paulo, nos dias 3 e 4 de outubro, importantes players do setor Automotivo e de outros segmentos que usam Nãotecidos para discutir perspectivas de mercado, novas tecnologias e as oportunidades de desenvolvimento.

O objetivo deste evento é fortalecer a cadeia produtiva de Nãotecidos e Tecidos Técnicos, evidenciando a relevância desses produtos no desenvolvimento de importantes setores da economia, suas vantagens competitivas, além das principais tecnologias usadas por este setor, que apresenta os seguintes indicativos:

· Consumo Aparente: 306.644 toneladas toneladas/ano

· Exportação: 41.556 toneladas/ano

· Importação: 38.986 toneladas/ano

· Empregos diretos: cerca de 18 mil pessoas

· Nos últimos 5 anos investiu mais de US$ 180 milhões em atualização tecnológica e equipamentos de última geração.

Para este encontro, a ABINT convidou, entre outros nomes, Marines Lagemaat, diretor de Assuntos Científicos e Técnicos da EDANA, falará sobre o por quê do sucesso dos Nãotecidos na filtração. Em complemento ao tema, Carlos Mattos, gerente de marketing da Freudenberg Technologies, vai discorrer sobre a filtração do ar na cabine de veículos.

Para abordar sobre as tendências dos Nãotecidos em aplicações automotivas, a ABINT convidou Adrian Wilson, editor da Sustainable Nonwovens e do livro na sua 3ª edição Automotive Textiles.

A ABINT também convidou a economista sênior do banco Safra e Doutora em Economia pela Universidade de Illinois, Priscila Deliberalli, e o economista do banco Itaú, Luka Machado Barbosa, Mestre em Economia pelo Insper, que vão abordar sobre o cenário, tendências e oportunidades da economia brasileira do ponto de vista dos Nãotecidos.

O evento será encerrado com um debate sobre os reflexos da economia no setor de Nãotecidos, com o economista Luka Machado Barbosa, e com a participação de Daniel Guerrero CEO da Berry Plastics, Valdemir Radde, diretor comercial da Fitesa e Walmir Soller, líder do negócio PP da Braskem.

Segundo o presidente da ABINT, Carlos Eduardo Benatto, a iniciativa visa promover um debate importante neste momento particular da economia brasileira, visando contribuir com o segmento dos Nãotecidos na busca de sua competitividade. “Trata-se de um setor com importante presença em segmentos industriais relevantes, como o automotivo, construção e infraestrutura, medicina e saúde, entre outros. Dessa forma, o incentivo ao desenvolvimento do mercado de Nãotecidos só tem a contribuir para o crescimento econômico do país como um todo”, afirma Benatto.

Serviço: SEMINÁRIO DE NÃOTECIDOS ABINT

Quando: 03 a 04 de outubro de 2016

Local: Abint

Rua Marques de Itu, 968 – Higienópolis – São Paulo / SP

Horário: 8h30 às 19h

Informações e inscrições: http://www.abint.org.br/seminario.html


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade