Publicidade

Ford Fusion 2017: novo sistema de câmbio tem inédito recurso de segurança no modo estacionamento

A Ford trocou a alavanca de câmbio do Fusion 2017 por um novo seletor rotativo eletrônico, chamado E-Shifter, que além de criar um espaço mais funcional no console conta com uma função adicional de segurança. Quando o motorista vai sair do carro – situação que o sistema identifica usando vários sensores – ele coloca o câmbio automaticamente no modo de estacionamento para evitar acidentes.

Todas as versões do Fusion 2017 trazem esse novo recurso integrado na transmissão automática de seis marchas. A versão 2.5 Flex dispõe ainda da função Low, que ajuda a segurar o carro em declives usando o freio-motor, e a versão 2.0 EcoBoost tem a função Sport, com trocas em rotação mais alta para uma direção esportiva, além de “paddle shift” para trocas manuais.

Ao desenvolver o novo câmbio, os engenheiros da Ford identificaram a oportunidade de incluir um software inteligente para evitar a movimentação do carro, mesmo se o motorista esquecer ou acidentalmente deixar o comando em outra posição, que não o P, ao estacionar. A tecnologia foi criada para colocar o carro automaticamente no modo de estacionamento em qualquer uma das seguintes condições:

· O motorista desligar o veículo;

· A porta do motorista for aberta quando o cinto de segurança estiver solto e o veículo parado;

· O cinto de segurança for solto quando a porta do motorista estiver aberta e o veículo parado.

Fusion 2017 Sistema inteligente

O comando rotativo E-Shifter tem três diferentes módulos eletrônicos que monitoram a transmissão e as trocas: para um comando de marcha ser aceito, todos devem estar de acordo. O sistema evita também outras situações indesejadas, como o engate da ré quando se está acima de 8 km/h.

“Quando desenvolvemos o novo comando rotativo do Fusion 2017, pensamos nos benefícios que ele poderia agregar para as pessoas. Todos concordaram que seria realmente valioso dispor de um recurso para garantir que o câmbio esteja sempre no modo de estacionamento ao sair do carro”, diz Mark Zyskowski, especialista técnico global em sistemas e-shift da Ford.

Os engenheiros do Fusion trabalharam com afinco para tornar esse recurso conveniente para os motoristas. A tecnologia foi projetada para não agir se o motorista estiver com o cinto de segurança preso e abrir a porta com o carro em movimento para soltar o casaco preso na porta, por exemplo, ou se estiver estacionando e abrir a porta para ver as marcações na guia.

Acidentes desse tipo geralmente acontecem quando o motorista sai do carro com o motor ligado e o câmbio não está no modo de estacionamento, o que pode causar ferimentos graves em outros motoristas e pedestres. Segundo a administração de segurança no trânsito dos Estados Unidos, cerca de 2.000 pessoas são feridas por ano no país nesse tipo de acidente.


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade