Publicidade

ZF torna-se parceira da Plug & Play, aceleradora de startups, para intensificar o desenvolvimento de novas tecnologias para a mobilidade urbana

A ZF e a aceleradora de startup digital Plug & Play firmaram parceria para uma cooperação estratégica. Como “Parceira Âncora Fundadora”, a ZF pode expandir ainda mais sua rede de parceiros de empresas startups que são ativas e relevantes nas áreas tecnológicas de seu interesse. A Plug & Play, situada no Vale do Silício, Califórnia/EUA, é reconhecida mundialmente por conectar startups a corporações e investe em mais de 100 empresas todos os anos. Com a nova cooperação, a ZF pode criar uma ligação mais estreita com empresas novas e inovadoras lidando com tendências disruptivas e oportunidades relacionadas à mobilidade conectada. Elas proporcionarão contribuições valiosas em campos essenciais de competência, inovação, velocidade e cultura. Além disso, a ZF pode também considerar cooperações de longo prazo e/ou investimentos diretos utilizando “Zukunft Ventures GmbH”, sua empresa de capital de risco criada em 2016.

“A colaboração com a Plug & Play nos ajuda a ficar atentos às tendências emergentes no mundo digital e à cena global de startups”, diz Mamatha Chamarthi, Chief Digital Officer (CDO) da ZF Friedrichshafen AG. “Expandir nossas parcerias com startups emergentes em paralelo aos nossos parceiros tradicionais, nos ajudará a entregar valor agregado a nossos consumidores por meio de produtos e serviços aprimorados”.

A cooperação oferece benefícios para ambas as partes, tanto para as startups como para a ZF. Enquanto contatos regulares orientam trabalhos relacionados a projetos com a empresa, suas divisões e unidade de negócios, a startup ganha acesso aos campos de expertise e know-how industrial da ZF. Esta valiosa troca pode acelerar o sucesso de negócios mútuos. Para a ZF, o contato contínuo pode fornecer ideias assim como soluções novas e possivelmente não convencionais. Estas não devem estar limitadas às tecnologias de mobilidade clássicas, uma vez que uma ênfase significativa está sobre empresas recém-fundadas com competências em campos como inteligência artificial e conectividade.

“Estamos levando a digitalização a sério. É uma ótima oportunidade para adaptar nossos processos de engenharia de modo a ganhar impulso na cena das startups digitais”, explica Mamatha Chamarthi. “A cooperação com a Plug & Play e o contato mais próximo com startups terá uma influência positiva na nossa cultura corporativa”. Exemplos de uma primeira troca são Dias de Seleção de startups com pitches, EXPOs, e Hackathons.

A Plug & Play foi fundada em 2006 e a cada ano avalia mais de oito mil startups de vários campos da tecnologia. Algumas ex-startups, como Dropbox ou Paypal, se beneficiaram da promoção da Plug & Play e se tornaram empresas mundialmente conhecidas. A Plug & Play Germany GmbH, que assinou um contrato com a ZF, já está intensivamente conectada com o negócio automotivo. Entre outros, o programa STARTUP AUTOBAHN, em Stuttgart, é o resultado de uma cooperação entre Plug & Play e Daimler, a universidade de Stuttgart e a fábrica de pesquisa ARENA2036. Desde o início de 2017, ZF também é parceira da STARTUP AUTOBAHN assim como de Hewlett Packard Enterprise (HPE), BASF, Porsche e Murata.


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade