Publicidade

Boletim Técnico – Gaste menos combustível

Forma de dirigir, qualidade da gasolina ou do etanol e manutenção do veículo são fatores que influenciam muito no tanto de dinheiro que você gasta com combustível ao longo do ano.

Vamos ver por quê?
Direção econômica (ou não)
Acelerações bruscas, esticadas longas de marcha, uso de ponto-morto em descidas, rotações elevadas a todo o momento… Tudo isso aumenta o consumo do veículo.
Em uma descida de serra, por exemplo, você deve manter o veículo engrenado. Para os modelos com injeção, sem acionar o pedal do acelerador; com o freio-motor, o consumo tende a zero.
E preste atenção nos seus hábitos. Se um semáforo logo à frente está fechado, não acelere demais, ou você terá de frear bruscamente. Tire o pé do acelerador e mantenha sempre o veículo engrenado.

A qualidade do que entra no seu carro
Talvez você nem imagine, mas solventes, proporções elevadas de etanol na gasolina e até mesmo água podem estar na composição de combustíveis adulterados, resultando em menor eficiência do motor.

Desconfie de preços de combustível muito abaixo da média dos postos e faça um controle rigoroso de quilômetros rodados por litro – assim você consegue eleger um posto de confiança.

Cuide do carro
Outro fator que interfere muito no consumo é o estado geral de manutenção do veículo. Problemas no filtro de ar, filtro de combustível, cabos de vela, velas, bobina, sensores, atuadores do sistema de injeção eletrônica e temperatura de trabalho do motor podem ser os responsáveis por um gasto demasiado de combustível. Mantenha o veículo sempre revisado. Isso trará mais segurança e economia.

O conjunto de suspensão também deve ser observado. O alinhamento correto do sistema de suspensão evita o arrasto excessivo dos pneus no solo, diminuindo a vida útil desses pneus e… aumentando o consumo de combustível.

Lembre-se de verificar a pressão. Pneus com pressão inferior à recomendada geram maior atrito na rolagem, e aumentam o consumo.

Outras dicas
Evite sobrecarga de peso no veículo. Quanto mais massa a ser deslocada, maior será o consumo, além de comprometer amortecedores e demais itens mecânicos do seu carro, sem falar nos pneus.
Procure trajetos menos congestionados. Quanto menos ficar parado no trânsito, melhor será a autonomia com um mesmo tanque de combustível.


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade