Publicidade

Primeiros testes do carro autônomo do Grupo PSA para condutores “não especialistas”

O programa “AVA – Autonomous Vehicle for All”, apresentado no Salão de Genebra, reúne uma ampla variedade de funções que permitirão delegar progressivamente a condução ao próprio veículo, inicialmente de forma parcial e depois total, se o condutor assim o desejar. O Grupo PSA pretende tornar o carro autônomo acessível ao maior número de pessoas possível, oferecendo veículos que simplifiquem o dia a dia, que permitam aproveitar o tempo a bordo e que sejam cada vez mais seguros. O Grupo implantará o programa AVA nos veículos de suas marcas Peugeot, Citroën e DS.

Os protótipos testados pelos condutores estarão equipados com as funções de nível 3, “eyes off, ” e de nível 4, “mind off”. Esses veículos antecipam o carro totalmente autônomo disponível a partir de 2020.

Carro Autônomo

Atualmente, funções de ajuda à condução derivadas do programa AVA já estão disponíveis em diversos veículos, como os Peugeot 208, 308, 2008, Traveller e o novo Peugeot 3008, os Citroën C4 Picasso, C3 e Spacetourer na Europa; o Peugeot 4008 e o Citroën C6 na China.

Alguns exemplos de funções de nível 1:

· O veículo se adapta à velocidade do veículo que o precede, mantém uma distância de segurança e é capaz de parar automaticamente, graças ao “regulador de velocidade adaptativo com função stop”.

· O veículo alerta o condutor em caso de risco de colisão graças ao “alerta de risco de colisão”; em caso de necessidade, o veículo pode automaticamente acionar o freio, graças à “frenagem automática de emergência”.

· O veículo volta imediatamente à sua faixa em caso de mudança, graças ao “alerta de ultrapassagem involuntária de linha”.

· O veículo detecta uma vaga de estacionamento adaptada ao seu tamanho e pilota o sistema de direção para estacionar, graças ao “Park Assist”.

A partir de 2018, funções de condução automatizadas “sob vigilância do condutor” constituirão a 2ª etapa do programa “AVA – Autonomous Vehicle for All”.

Algumas funções de nível 2 serão lançadas no DS 7 CROSSBACK:

· O veículo gerencia sua velocidade e controla sua própria trajetória. O “Connected Pilot” oferece uma assistência completa em vias rápidas.

· O veículo estaciona sozinho, sem intervenção do condutor, graças ao “Park Pilot”.

· Os equipamentos embarcados no veículo permitem identificar os obstáculos de modo a garantir uma melhor visibilidade noturna da estrada, graças à “Night Vision”.

· Uma câmera no interior do veículo monitora o nível de atenção do condutor graças ao “Driver Attention Monitoring”.

A partir de 2020, funções de condução autônoma “hands off”, seguidas de funções de nível 3, “eyes off”, permitirão a delegação total da condução ao veículo.

O Grupo PSA foi o primeiro a realizar testes com o carro autônomo em estradas abertas na França, desde julho de 2015, e também o primeiro a efetuar testes com pessoas ditas “não especialistas” ao volante. Estes testes começaram no início de março de 2017 e continuarão ao longo do ano, até junho, com o público em geral.

Até hoje, foram percorridos mais de 120 mil quilômetros pelo Grupo PSA em modo autônomo (níveis 2, 3 e 4) em vias rápidas europeias. No total, 15 protótipos são operados pelo Grupo e seus parceiros.

Para saber mais sobre o carro autônomo do Grupo PSA:

– Sébastien Loeb testou o carro autônomo do Grupo PSA – Programa AVA: https://www.youtube.com/watch?v=ftTn50Pj2MY&feature=youtu.be

– Entrevista de Sébastien Loeb após o teste do carro autônomo do Grupo PSA: https://www.youtube.com/watch?v=Rqo1BbeBdJw&feature=youtu.be

– Rumo ao carro autônomo do Grupo PSA: etapas-chave e tecnologias: https://www.youtube.com/watch?v=TZS9WXD5_cc&feature=youtu.be


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade