Publicidade

SAE BRASIL debate obrigatoriedade do ESC para veículos comerciais

Obrigatório a partir de 2024 para veículos comerciais produzidos no Brasil, o ESC, sigla em inglês para controle eletrônico de estabilidade, norteará as discussões do 13º Colloquium Internacional SAE BRASIL de Freios & Mostra de Engenharia, que será realizado no Hotel Intercity Premium, em Caxias do Sul/ RS, dias 24 e 25 de maio. A proposta é debater as melhores maneiras de transpor as barreiras técnicas para a implementação do sistema, responsável por ativar os freios em uma ou mais rodas quando reconhece situação de risco ou perda de aderência.

Uma das principais plataformas mundiais de discussão sobre sistemas de freios, o encontro reunirá especialistas de montadoras, sistemistas, fabricantes e universidades em programação, que incluirá painéis de debates, apresentações de trabalhos técnicos e mostra de engenharia. O Campo de Provas das Empresas Randon receberá ainda test drive com o caminhão Cargo 1933, da Ford, além de dois veículos de passeio, equipados com as mais recentes tecnologias eletrônicas da Continental.

“Para as engenharias, será um grande desafio técnico desenvolver nos prazos que foram dados o ESC para os veículos comerciais brasileiros, em função das especificidades dos nossos produtos, que dispõem dos mais variados tipos de implementos e contam com diferentes condições de carregamento na comparação com os veículos europeus e norte-americanos”, afirma o engenheiro César Augusto Ferreira, chairperson do encontro.

A Resolução CONTRAN 641/16, que foi anunciada no fim do ano passado, contempla a instalação do ESC em veículos comerciais, ônibus, reboques e semi-reboques das categorias M2, M3, N2, N3, O3 e O4. Para 2022, já está prevista a primeira etapa de implementação desta tecnologia, válida para projetos de veículos completamente novos. O prazo será 2024 para os demais projetos.

Mediado por Camilo Adas, gerente sênior de Desenvolvimento do Produto da Mercedes Benz do Brasil, o painel de encerramento, focado nos impactos da nova regulamentação, receberá Silvia Faria Iombriller, supervisora de Desenvolvimento de Freios de Caminhões da Ford; Mateus de Castro Sampaio, supervisor de Engenharia de Chassis da MAN Latin America; Juliano Pimentel, gerente de Tecnologia e Inovação do Produto da Randon Implementos; Pedro Orlando, gerente de Engenharia e Remanufatura da Knorr-Bremse; e Germano Collobialli, engenheiro de Aplicação e Assistência Técnica da WABCO.

PAPERS – Além de dois painéis, a programação inclui 15 trabalhos técnicos, nacionais e internacionais, que contemplam diversas áreas de interesse como ABS, eletrônica em sistema de freios, materiais e matérias-primas, modelagem analítica computacional, modelagens e simulações, regulamentação e legislação, ruídos e vibrações, segurança veicular e testes e validações.

EXPOSIÇÃO TECNOLÓGICA – Empresas ainda mostrarão lançamentos na exposição de engenharia. Entre os expositores estarão Car-Sim/ Try Testes e Simulações/ Virtual CAE, Chem-Trend, Chevron, Braslux, Ferndinand Erlmann Werkzeugbau Gmbh & Co, Formale, Fras-le/ Master, Green Steel España SL, HBM do Brasil, Hexion, Knorr-Bremse, Itaprochim, Link, MEI – Brakes, Shandong, SI Group, Siemens, Sinalsul, Sturm, Superior Graphite, Teltec Solution, Timken, Usimaster/ Brex, WABCO e Wolverine/ Tekno.

Organizado pela Seção Regional Caxias do Sul da SAE BRASIL, sob a direção do engenheiro Sandro Trentin, o 13º Colloquium Internacional SAE BRASIL de Freios & Mostra de Engenharia é patrocinado pelas empresas Fras-le, MAN, Master, MEI, Mercedes-Benz, Siemens, Sinalsul, Shandong e Texaco. Também recebe apoio do Campo de Provas Randon e da Universidade de Caxias do Sul.

“Os simpósios da SAE BRASIL abordam temas importantes para a comunidade da engenharia da mobilidade e trazem visão das tendências globais em tecnologias de ponta”, diz Mauro Correia, presidente da SAE BRASIL.

PROGRAMAÇÃO

24 DE MAIO

09h – Deslocamento do Hotel Intercity Premium para o Campo de Provas das Empresas Randon.

09h30 – Test drive no Campo de Provas das Empresas Randon.

14h – Solenidade de abertura no Hotel Intercity Premium.

14h40 – Painel “Veículos Elétricos – Impactos no Sistema de Freios”, com Fabricio Menezes, gerente de Desenvolvimento VED da Continental; Gustavo Aleixo Saran, engenheiro de Pós-Venda da BYD do Brasil; José Antônio Nascimento, administrador de Contratos da Eletra Industrial; e Ricardo Takahira, vice-coordenador da Comissão Técnica de Veículos Elétricos e Híbridos da SAE BRASIL. Debate mediado por Alexandre Guimarães, diretor de Engenharia da General Motors América do Sul.

Das 16h35 às 20h – Apresentações de trabalhos técnicos.

25 DE MAIO

Das 08h30 às 14h50 – Apresentações de trabalhos técnicos.

15h45 – Painel “Obrigatoriedade do ESC para Veículos Comerciais – Impactos da Nova Regulamentação”, com Silvia Faria Iombriller, supervisora de Desenvolvimento de Freios de Caminhões da Ford; Mateus de Castro Sampaio, supervisor de Engenharia de Chassis da MAN Latin America; Juliano Pimentel, gerente de Tecnologia e Inovação do Produto da Randon Implementos; Pedro Orlando, gerente de Engenharia e Remanufatura da Knorr-Bremse; e Germano Collobialli, engenheiro de Aplicação e Assistência Técnica da WABCO. Debate mediado por Camilo Adas, gerente sênior de Desenvolvimento do Produto da Mercedes Benz do Brasil.

16h40 – Sessão de encerramento e entrega do Certificado Best Paper.

13º Colloquium Internacional SAE BRASIL de Freios & Mostra de Engenharia
Data: 24 e 25 de maio de 2017
Local: Hotel Intercity Premium – avenida Therezinha Pauletti Sanvitto, 333, Caxias do Sul/ RS


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade