Publicidade

Caminhão Scania R 440 é o pesado mais emplacado do quadrimestre

O caminhão R 440 da Scania fechou o primeiro quadrimestre do ano na liderança da categoria de pesados. Segundo o ranking da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), foram emplacadas, de janeiro a abril deste ano, 604 unidades. O modelo continua sua curva de ascensão no mercado, após ser o campeão de 2016 da lista da entidade, na faixa dos pesados.

O sucesso do R 440 começou a ser notado já em seu ano de lançamento, em 2012. “Ele é o pesado mais emplacado da era Euro 5, desde que a lei de emissões foi iniciada, no Brasil, em janeiro de 2012”, afirma Victor Carvalho, diretor de Vendas de Caminhões da Scania no Brasil.

Caminhão Scania R 440O ranking da Fenabrave, dos 10 veículos pesados mais emplacados, ainda conta com mais três Scania: G 440 (205 unidades), P 310 (179) e R 480 (120). “A Scania é a única fabricante a ter quatro caminhões entre os 10 mais vendidos”, diz.

Já no balanço do quadrimestre, a Scania vendeu 1.407 unidades na faixa em que atua, acima de 16 toneladas, que abrange os caminhões semipesados e pesados. Um crescimento de 11,3% em comparação ao mesmo período de 2016 (1.264 unidades), num mercado que caiu 22,8%. A participação subiu de 12,2% para 17,5% (a maior crescente dentre os concorrentes). No segmento dos pesados, a marca vendeu 1.191 unidades. Alta de 10,2% em relação aos 1.081 modelos comercializados de janeiro a abril do ano passado. Enquanto que o mercado caiu 14,4%. A participação passou de 19,6% para 25,2% (maior evolução entre os competidores). Nos semipesados, as 216 unidades propiciaram um acréscimo de 18%, no comparativo com os 183 veículos de 2016, e foram na contramão da queda de 32,4% da categoria. A participação quase dobrou, de 3,8% para 6,6%.

“No ano em que completa 60 anos de Brasil, a Scania vem num movimento de crescimento. Em 2016, aumentamos a participação em todos os segmentos de atuação, de caminhões e ônibus. E, elevar as vendas no momento de dificuldades econômicas do País, revela que estamos no caminho certo.”

Segundo Carvalho, o segredo para a Scania ter um balanço do primeiro quadrimestre melhor do que o mercado se explica pela busca incansável da empresa em ser parceira líder na transição para um transporte sustentável. “Desde que o cenário econômico brasileiro piorou, a Scania se manteve ao lado dos clientes de todas as regiões apresentando soluções de produtos e serviços para incrementar a rentabilidade, a disponibilidade e reduzir o custo operacional da frota. Estreitamos ainda mais o nosso relacionamento com o cliente para entender a sua necessidade por segmento”.

Campeão de vendas e de economia de combustível

O R 440 possui motor 13 litros de 440 cavalos que desenvolve eficiente torque de 2.300Nm já a 1.000 rpm, garantindo maior economia. Ele é oferecido nas configurações de roda 4×2, 6×2, 6×4 e 8×2 e tem vocação para aplicações de longas distâncias com implementos baú, sider, carga seca, caçamba, contêiner, frigorífico, tanque e cegonha. Possui a maior capacidade de arraste e a cabine de maior ergonomia e conforto do segmento, que garante ambiente de trabalho mais saudável e seguro. Equipado com a caixa automatizada de maior destaque no mercado, o Scania Opticruise (na quarta geração), ele é capaz de oferecer a melhor rentabilidade com disponibilidade, aliado a programas de manutenção que se ajustam às necessidades do transportador. Na versão Streamline, o produto oferece 4% a mais de economia.


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade