Publicidade

Volkswagen take up! é eleito o hatch compacto de “menor custo de uso” pela revista Quatro Rodas

O Volkswagen take up! foi eleito pela segunda vez o hatch compacto de “Menor custo de uso” do Brasil pela revista Quatro Rodas. O resultado está na edição de junho da publicação. As despesas mensais com o take up! são R$ 81 menores do que as com o segundo colocado no levantamento da revista – o que representa expressiva economia para o cliente.

Para o levantamento a revista utilizou uma tabela de cálculo que engloba critérios comuns ao uso normal do veículo: combustível (marcas de consumo obtidas nos testes da revista, com a média ponderada pelo uso; foi calculado o custo para rodar 15.000 km); manutenção (as despesas com as revisões recomendadas previstas para o primeiro ano ou 15.000 km); seguro (perfil homem, casado, 35 anos, sem filho) e documentação (valor integral do IPVA, taxas de primeiro registro, seguro obrigatório e placas). O custo mensal foi obtido com a soma dessas despesas dividida por 12.

Take up!As despesas (custo mensal) do take up! somaram R$ 684 – valor R$ 81 menor do que o obtido para o segundo colocado.

Revisões planejadas

A Volkswagen está oferecendo para o up! (até o fim de junho) o pacote de revisões de 36 meses ou 30.000km, prevalecendo o que ocorrer primeiro, pelo valor promocional de R$ 999 – o que representa outra grande economia para o cliente.

Os pacotes são compostos pelos itens verificados e itens substituídos das revisões até 3 anos ou 30.000km, o que ocorrer primeiro, conforme esclarecido no site Volkswagen e no Manual de Manutenção e Garantia do veículo.

O pacote pode ser adquirido no momento da compra do veículo 0 km em uma das concessionárias Volkswagen participantes do programa. O pagamento pode ser à vista ou diluído no financiamento do veículo (quando este for realizado pela Volkswagen Financial Services).

A melhor reparabilidade do País

O up! conquistou índice 10 no CAR Group 2017, ranking que avalia o custo e o tempo de reparo dos veículos vendidos no Brasil após uma colisão. Isso torna o novo Volkswagen o melhor automóvel do Brasil – entre todos os participantes do estudo – no quesito reparabilidade.

O Car Group é realizado pelo Cesvi Brasil (Centro de Experimentação e Segurança Viária). O índice CAR Group compara veículos de uma mesma categoria quanto à facilidade e ao custo de seu reparo. São realizados testes de impacto de baixa velocidade (15 km/h), com off-set de 40% na dianteira esquerda contra uma barreira rígida a um ângulo de 10°. As mesmas condições são aplicadas para o impacto da traseira direita, de acordo com a Norma Internacional do RCAR (Research Council for Automobile Repairs).

Após cada impacto, é estudada a extensão dos danos e a facilidade do reparo. É feito um cálculo que considera os custos da reparação dianteira e traseira, os tempos de substituição e a cesta básica de peças, gerando assim o índice CAR Group. O índice serve de referência para as seguradoras calcularem os preços dos seguros dos veículos.

Linha 2018: visual mais esportivo e versão inédita

O novo up! é oferecido em quatro versões (take, move, high e cross), além da série especial connect. Toda a linha 2018 do modelo traz visual mais esportivo e maduro, sem perder o caráter de ícone.

Com linhas mais horizontais, o compacto tem como grandes diferenciais na dianteira os faróis e o para-choque. O conjunto ótico passa a contar com novos elementos internos. Já o para-choque está mais pronunciado, com ângulos ainda mais evidentes. A grade do radiador passa a contar com friso cromado que se conecta à linha que margeia os faróis.

Nas laterais, destaque para o logotipo “TSI” na coluna “B” e as novas rodas e calota – o take up! passa a ser equipado com a calota 14”, de visual inédito.

A parte de trás do veículo segue a filosofia da dianteira, com mais elementos cromados e detalhes que realçam a esportividade. As lanternas têm novo visual e são escurecidas, utilizando a tecnologia de tripla injeção (com elementos em vermelho, preto e transparente).

O para-choque traseiro também é novo, com linhas mais horizontais e que se alargam conforme se aproximam da parte inferior do veículo, dando a impressão de que o novo up! está mais largo. Retrorrefletores e o amplo difusor traseiro complementam o conjunto.

Graças aos novos para-choques, o novo up! tem comprimento de 3,68 metros. Ou seja, 84 mm maior que o modelo anterior (ganho de 72 mm no balanço dianteiro, que passa a ser de 657 mm, e 12 mm no balanço traseiro, 611 mm).

Mais equipado

O take up! já traz de série itens como pneus (175/70 R14) de baixa resistência ao rolamento, banco do motorista com regulagem de altura, palhetas do limpador de para-brisa do tipo “aerowischer” (de alta eficiência), alerta sonoro dos faróis acesos, chave do tipo canivete e lavador, limpador e desembaçador do vidro traseiro, passa a contar com iluminação no porta-malas, relógio digital e suporte para celular (inédito no segmento). Atrás do suporte do celular há, ainda, uma entrada USB para carregar o telefone.

Como opcional, o cliente tem à disposição o pacote “take completo”, que acrescenta o sistema “easy drive” (direção com assistência elétrica), coluna de direção com ajuste de altura, ar-condicionado, vidros dianteiros com acionamento elétrico e travamento das portas elétrico.

Motor MPI – Custo-benefício em evidência

O take up! é equipado com o também premiado motor 1.0 MPI. Moderno e econômico, o motor EA211 1.0l R3 tem 82 cv quando abastecido com 100% de etanol e de 75 cv com 100% de gasolina no tanque. O torque máximo é de 10,4 kgfm a 3.000 rpm com etanol e de 9,7 kgfm à mesma rotação, quando abastecido com gasolina. Já a partir de apenas 2.000 rpm 85% do torque máximo está disponível, o que lhe confere grande agilidade no uso urbano e retomadas de velocidade seguras na estrada.

Trata-se do motor mais moderno da categoria, com bloco e cabeçote feitos de alumínio, o que colabora para reduzir o peso do conjunto. Com quatro válvulas por cilindro, sendo duas para admissão e duas para escape, o cabeçote tem comando de admissão variável – a variação é contínua, o que reduz consumo de combustível e emissões e melhora sensivelmente a resposta do motor em baixos regimes de rotação.

O motor dispõe de tecnologias como o sistema de partida a frio “e-flex”, que dispensa o tanque auxiliar (tanquinho), e o coletor de escape integrado ao cabeçote, formando uma peça única, com refrigeração líquida. Isso permite ao motor atingir sua temperatura ideal de funcionamento mais rapidamente, melhorando sua eficiência térmica.

O up! MPI leva 12,6 segundos de 0 a 100 km/h e atinge 163 km/h de velocidade máxima, ambos com etanol (E100). Com gasolina (E22) no tanque, o up! MPI acelera de 0 a 100 km/h em 12,7 segundos, com velocidade máxima de 161 km/h.

O mais seguro da categoria

Todo novo up! é equipado de série com sistemas ISOFIX® e top-tether para fixação de dispositivos de retenção infantis (cadeirinhas), recursos importantíssimos de segurança que são oferecidos apenas pelo modelo Volkswagen na categoria. Além disso, o alerta sonoro e o indicador de uso do cinto de segurança no painel informa se o condutor e o passageiro do banco dianteiro estão com os cintos de segurança afivelados.

A carroceria do up! tem 75% de seu peso composto por aços especiais, que possuem diferentes graus de resistência, conforme a necessidade – trata-se da aplicação do material correto no local certo. Em sua estrutura combinam-se aços de ultra-alta resistência, alta resistência, média resistência e de estampagem profunda. Reforços adicionais, na parte superior da porta, por exemplo, aumentam a segurança passiva – especialmente no caso de acidentes graves.

O up! também utiliza aços conformados a quente, que possuem ainda maior resistência e que permitiram reduzir o peso da estrutura do carro. O up! foi o primeiro veículo de seu segmento no Brasil a utilizar esse material e continua a ser o único nesse nicho de mercado com tal tecnologia. Referência de estrutura leve com alta resistência, o novo up! tem peso em ordem de marcha de apenas 922 kg na versão take up!.

O novo up! é fabricado em Taubaté (SP), tem garantia total de três anos e é oferecido em sete cores de carroceria: Preto Ninja, Branco Cristal e Vermelho Flash (sólidas), além das metálicas Prata Sírios Azul Lagoon, Cinza Platinum e Laranja Habanero.


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade