Publicidade

‘Motivado como nunca’, Roberval Andrade entra para história na nova Copa Truck

Roberval Andrade chegou a anunciar, depois de quase duas décadas de atuação vitoriosa, sua retirada das corridas de caminhões. Contudo, o paulista da Corinthians Motorsport, que disputou de 2000 a 2016 o Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck, encontrou motivação para retomar sua trajetória a partir da criação da Copa Truck, que teve as duas corridas de sua etapa de abertura no último domingo (28) no Autódromo Internacional de Goiânia.

Em princípio, a decisão mostrou-se acertada. Pilotando o Iveco número 15, Andrade entrou para a história da nova competição conquistando a primeira pole-position e a primeira vitória da história da Copa Truck. Vencedor da prova que abriu a etapa e quinto colocado na segunda corrida, ele detém a liderança da competição, que terá sequência com o complemento do minitorneio Copa Truck Centro-Oeste em Campo Grande (MS), no dia 11 de junho.

Andrade chegou a 41 pontos, um a mais que o vice-líder gaúcho Régis Boessio, que levou o Volvo da Clay Truck Racing-Boessio Competições a um quarto e um segundo lugar em Goiânia. O pernambucano Beto Monteiro, com o Iveco da Lucar Motorsport, foi oitavo colocado na primeira corrida e venceu a segunda, chegando a 38 pontos, mesmo total de Débora Rodrigues com um terceiro e um quarto lugar com o Volkswagen-MAN da RM Competições.

“Eu tinha parado. De repente surgiu o novo desafio da Copa Truck e me vi motivado como nunca”, conta Andrade. “Comecei a fazer de novo tudo o que fiz quase 20 anos atrás, viabilizar um esquema competitivo, negociar com os patrocinadores. Meus antigos parceiros foram muito receptivos ao projeto, isso permitiu manter e ampliar a estrutura que tínhamos. Eu sempre entreguei aos patrocinadores mais do que prometi, esse é um orgulho que eu tenho”.

Danilo Dirani, também inscrito pela Corinthians Motorsport, foi segundo colocado na primeira corrida da etapa e está na nona posição do campeonato, com 22 pontos. O Iveco número 15 de Andrade exibiu, nas duas provas da etapa goiana, as logos de Robiel, Truckvan, Pacaembu, Superpar, Meritor, Knorr-Bremse e Noma, além do escudo do Sport Club Corinthians Paulista – é a oitava temporada consecutiva de parceria entre o piloto e o clube.

_______________________________________________
Créditos da Imagem: Rodrigo Ruiz


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade