Publicidade

Nova Amarok será o veículo oficial da quarta edição do Rally Mercosul

A Volkswagen Nova Amarok será o veículo oficial do Rally Mercosul, que ocorre entre os dias 07 e 14 de julho. O evento, que é organizado pela TSO e tem patrocínio da Volkswagen, contará com roteiro de regularidade, partindo de Curitiba (PR) em direção ao Uruguai e finalizando o percurso na capital argentina Buenos Aires. Serão sete etapas de trechos cronometrados em terrenos off-road e deslocamentos em comboio por estradas principais, totalizando cerca de 3 mil km.

“A Nova Amarok é uma das picapes médias mais avançadas tecnicamente no mercado brasileiro. Participar desse rali é uma ótima oportunidade para reforçar, na prática, toda a robustez e tecnologia da Nova Amarok”, afirma o gerente executivo de Comerciais Leves da Volkswagen do Brasil, Ricardo Casagrande.

O Rally Mercosul 2017 será dividido em três categorias. A “Graduados” é destinada a pilotos e navegadores que estão federados através de alguma federação estadual de automobilismo nas categorias Master, Graduados ou Turismo. São pilotos e navegadores com experiência que já participam habitualmente de outros campeonatos e poderão se utilizar de qualquer equipamento de navegação disponível. Obrigatório estar com documentação em dia, que deverá ser apresentada no momento da inscrição.

A categoria “Turismo Light” tem como foco os pilotos, navegadores e acompanhantes que não estão federados, sem experiência ou com participações esporádicas em campeonatos. Não poderão ser usados equipamentos de navegação integrados. A tripulação de cada carro nessa categoria poderá ter até quatro pessoas.A categoria Expedition é um passeio, sem competição e sem restrição de idade.

Como a Nova Amarok é o veículo oficial da organização da 4ª Edição do Rally Mercosul, a organização do evento criou uma categoria específica para a picape média Volkswagen. Quem participar com a Amarok (de qualquer ano ou modelo), tanto na categoria “Graduados” como na “Turismo”, automaticamente concorrerá também ao “Troféu Amarok”, uma premiação especial para a melhor Amarok em cada uma das categorias. E mais: quem se inscrever com uma Volkswagen Amarok, terá desconto no valor da inscrição em qualquer categoria.

Vale ressaltar que o evento é aberto para qualquer veículo com tração 4×4, de qualquer marca, não sendo necessária preparação especial ou modificações específicas nos veículos. A única recomendação da organização do evento é que, se possível, os modelos sejam equipados com pneus de uso misto, para garantir bom desempenho nos trechos fora de estrada.

As edições anteriores do Rally Mercosul foram realizadas em 2004, 2005 e 2016, passando por diversos estados do Brasil, Uruguai, Argentina e Paraguai. Mais informações no site http://www.rallymercosul.com.br/

Referência em design, conectividade e tecnologia

Uma das novidades apresentadas pela Volkswagen no Salão do Automóvel de São Paulo de 2016, a Nova Amarok chegou às concessionárias para se tornar referência em sua categoria em termos de design, conectividade e tecnologia, além de manter a imagem de robustez e força, já reconhecidos pelo mercado. O modelo traz os sistemas de infotainment mais avançados do mercado, capazes de espelhar o celular com as plataformas MirrorLink, Google Android Auto e Apple Carplay.

Disponível em seis versões, o modelo traz um uma série de itens exclusivos na categoria, como bancos dianteiros (motorista e passageiro) com ajustes elétricos e sistema de freios “Post- Collision Braking” (sistema de frenagem automática pós-colisão). Fora isso, mantém uma série de itens que continuam exclusivos na categoria, como a tração 4×4 permanente, o ABS off-road e a transmissão automática de oito velocidades.

A linha 2017 da picape Volkswagen é oferecida no mercado brasileiro nas versões S (cabine simples e cabine dupla), SE, Trendline, Highline e Highline Série Extreme (estas sempre com carroceria de cabine dupla). A versão S conta com o motor 2.0 turbodiesel com 140 cv de potência e 34,7 kgfm (340 Nm) de torque, sempre associado à transmissão manual de seis velocidades.

As demais configurações são equipadas com o motor 2.0 diesel com dois turbocompressores com potência de 180 cv e torque de 40,8 kgfm (400 Nm) com transmissão manual (versão SE) e 42,8 kgfm (420 Nm) com transmissão automática de oito velocidades (item de série nas demais versões).

A versão Highline traz de série, entre outros itens, indicador de perda de pressão dos pneus, airbags laterais de tórax e de cabeça para motorista e passageiro e faróis bixenônio com luz de condução diurna (DRL) em LED.

Interior de luxo e funcional

O novo painel de instrumentos chama a atenção. O quadro de instrumentos com iluminação vermelha, nas versões S e SE, dá lugar a um novo conjunto com iluminação branca, de leitura ainda mais fácil. As saídas de ar passam a ter formas retangulares e há uma nova faixa decorativa horizontal, que nas versões S, SE e Trendline é na tonalidade “deep inox”, e na Highline, é “bright silver”. Comandos do ar-condicionado, disposição da régua central dos controles no painel e um amplo porta-objetos na parte central superior do painel: tudo é novo.

Exclusivo para a Amarok Extreme, o novo instrumento combinado “Premium Color” apresenta tela colorida 3D de 3,5”. Outras exclusividades desta versão são as capas esportivas dos pedais e os tapetes em carpete com a inscrição “Extreme”

A Nova Amarok marca a estreia de bancos que trazem recursos inéditos para ajustes e em conforto na categoria de picapes. Isso porque os bancos dianteiros da picape Volkswagen possuem o certificado “ergoComfort”. Os novos bancos contam com ajustes elétricos de 12 vias – ajuste de distância longitudinal (2), ângulo de inclinação do encosto (2), ajuste de altura (2), apoio lombar (4) e ângulo de inclinação do assento (2) – e manual de 2 vias (extensão do assento).

Tecnologia e segurança

A Nova Amarok oferece o que há de mais moderno no segmento de picapes médias. A Amarok apresenta de série e como item exclusivo na categoria o sistema de freios “Post- Collision Braking” (sistema de frenagem automática pós-colisão). Esse sistema aciona automaticamente os freios do veículo quando ele se envolve em uma batida, para reduzir a energia cinética residual. O acionamento do sistema de frenagem pós-colisão se baseia na detecção da colisão inicial pelos sensores dos airbags.

Freios com ABS “off road”, que otimizam a ação do ABS em solo solto (por exemplo, pedriscos e areia), sistemas ISOFIX para fixação de cadeiras para criança no banco traseiro, de auxílio ao motorista como o BAS (Sistema de Assistência à Frenagem), ASR (Controle de Tração) e EDS (Bloqueio Eletrônico do Diferencial) são equipamentos de série da picape Volkswagen. Juntamente com o Controle Eletrônico de Estabilidade (ESC), a Nova Amarok dispõe para o motorista os sistemas HDC (Hill Descent Control ou Controle Automático de Descida) e HSA (Hill Start Assist ou Assistente para Partida em Subida).


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade