Publicidade

Boessio conquista o vice-campeonato na Copa Truck e avisa: “É só o começo”

Um sexto lugar na primeira corrida e um quarto lugar na segunda foram o suficiente para Régis Boessio conquistar no último domingo (11), durante a segunda etapa da Copa Truck, o título da Copa Centro-Oeste, primeiro dos três minitorneios da categoria. O segundo evento do calendário de 2017 aconteceu no Autódromo Internacional de Campo Grande, onde Felipe Giaffone obteve a pole position e venceu as duas corridas.

Boessio, único piloto gaúcho no grid da Copa Truck, disputa a categoria pilotando o Volvo número 83 da Clay Truck Racing em associação com a sua própria equipe, a Boessio Competições. Ele exalta o vice-campeonato da Copa Centro-Oeste e o segundo lugar geral no campeonato. “Estamos numa fase de muita luta, de muito trabalho, mas o resultado já começou a aparecer”, disse, logo após a festa de premiação no pódio.

Régis BoessioContando com uma estrutura modesta se comparada à de maior parte das equipes inscritas na Copa Truck, Boessio destaca a superação da equipe. “Mostramos que uma equipe pequena pode dar trabalho na nova categoria e incomodar as grandes. Isso é gratificante, o reconhecimento nos anima a sequência da temporada e também mostra aos patrocinadores que a aposta na equipe é boa. Estamos animados, e isso é só o começo”, disse.

O gaúcho exibe em seu caminhão as cores e logos dos patrocinadores e apoiadores Suspentech, Buffon Rede de Postos e Maninho Acessórios. A Copa Truck prepara, agora, a disputa da Copa Nordeste, que compreenderá as duas próximas etapas. A próxima, terceira do calendário, será disputada no dia 9 de julho em Caruaru, onde Boessio conquistou sua primeira vitória em corridas de caminhões. A quarta, em Fortaleza, acontecerá no dia 23 de julho.

COPA TRUCK – RESULTADOS DO GP DE CAMPO GRANDE

Corrida 1, 14 voltas
1º) Felipe Giaffone (SP/Volkswagen-MAN), 25min34s180
2º) Adalberto Jardim (SP/Volkswagen-MAN), a 0s639
3º) David Muffato (PR/Volkswagen-MAN), a 1s654
4º) Beto Monteiro (PE/Iveco), a 17s262
5º) Danilo Dirani (SP/Scania), a 19s535
6º) Regis Boessio (RS/Volvo), a 27s541
7º) Débora Rodrigues (PR/Volkswagen-MAN), a 28s488
8º) Luiz Lopes (SP/Iveco), a 36s944
9º) Duda Bana (PR/Scania), a 39s644
10º) Renato Martins (SP/Volkswagen-MAN), a 50s065
11º) Djalma Fogaça (SP/Ford), a 50s791
12º) Jaidson Zini (PR/Scania), a 1 volta
13º) Rodrigo Belinatti (SP/MAN), a 1 volta
14º) Fabio Fogaça (SP/Ford), a 1 volta
15º) José Maria Reis (GO/Scania), a 1 volta
16º) Joel Mendes Júnior (SC/Scania), a 2 voltas
NÃO COMPLETARAM
Leandro Totti (PR/Volvo), a 9 voltas
Roberval Andrade (SP/Iveco), a 10 voltas
André Marques (SP/Mercedes-Benz), a 13 voltas
NÃO LARGARAM
Wellington Cirino (PR/Mercedes-Benz)
Pablo Alves (GO/Ford)
Volta mais rápida: Giaffone, 1min47s620, média de 117,212 km/h

Corrida 2, 14 voltas
1º) Felipe Giaffone (SP/Volkswagen-MAN), RM Competições, 25min47s218
2º) Beto Monteiro (PE/Iveco), Lucar Motorsports, a 0s279
3º) David Muffato (PR/Volkswagen-MAN), RM Competições, a 1s532
4º) Regis Boessio (RS/Volvo), Clay Truck Racing-Boessio Competições, a 18s049
5º) Duda Bana (PR/Scania), Luhrs Motorsport, a 34s819
6º) Renato Martins (SP/Volkswagen-MAN), RM Competições, a 36s788
7º) Djalma Fogaça (SP/Ford), DF Racing Fans, a 1min14s302
8º) Roberval Andrade (SP/Iveco), Dakarmotors, a 1min15s698
9º) José Maria Reis (GO/Scania), Original Reis Competições, a 1min42s319
10º) Fabio Fogaça (SP/Ford), DF Racing Fans, a 3 voltas
11º) Jaidson Zini (PR/Scania), Corinthians Truckvan Motorsport, a 4 voltas
NÃO COMPLETARAM:
Danilo Dirani (SP/Scania), Corinthians Truckvan Motorsport, a 6 voltas
Débora Rodrigues (PR/Volkswagen-MAN), RM Competições, a 7 voltas
Adalberto Jardim (SP/Volkswagen-MAN), RM Competições, a 10 voltas
Rodrigo Belinatti (SP/MAN), RM Competições, a 11 voltas
Joel Mendes Júnior (SC/Scania), Luhrs Motorsport, a 13 voltas
Luiz Lopes (SP/Iveco), Lucar Motorsports, a 14 voltas
Leandro Totti (PR/Volvo), Clay Truck Racing, a 14 voltas
André Marques (SP/Mercedes-Benz), AM Motorsport, a 14 voltas
Pablo Alves (GO/Ford), Original Reis Competições, a 14 voltas
NÃO LARGOU
Wellington Cirino (PR/Mercedes-Benz)
Volta mais rápida: Giaffone, 1min48s351, média de 116,421 km/h

A classificação final da Copa Truck Centro-Oeste, que compreendeu as etapas de Goiânia e de Campo Grande, é a seguinte: 1º) Monteiro, 78 pontos; 2º) Boessio, 73; 3º) Muffato, 60; 4º) Andrade e Martins, 54; 6º) Rodrigues, 52; 7º) Giaffone, 51; 8º) F. Fogaça, 48; 9º) Reis, 43; 10º) Lopes, 42; 11º) Dirani e Bana, 38; 13º) D. Fogaça, 33; 14º) Belinatti, 28; 15º) Jardim, 23; 16º) Zini, 19; 17º) Mendes Júnior, 16; 18º) Marques, Totti, Palma e Cirino, 0.

_________________________________________________________
Texto: Grelak Comunicação
Fotos: Rodrigo Ruiz


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade