Publicidade

Denúncia de clonagem de caminhões vence o 30º Prêmio SETCERGS de Jornalismo

Ao todo, 26 jornalistas dos principais veículos de comunicação do sul do país se inscreveram em cinco categorias. A solenidade de entrega foi realizada na noite de terça-feira (27/06) no Centro de Eventos da Fiergs, onde acontece a feira Transposul.

A reportagem “Clonagem de caminhões” exibida pelo Fantástico, da Rede Globo, no dia 11 de dezembro de 2016 conquistou o Grande Prêmio SETCERGS de Jornalismo. A matéria inscrita por Giovani Grizotti, Glaucius Oliveira e Sandro Barzi, da RBS TV, denuncia um esquema criminoso para esquentar carros e caminhões roubados. Para legalizar veículos roubados, os bandidos clonavam os números de chassis de veículos zero-quilômetro usando informações a que apenas autoridades deveriam ter acesso. De acordo com a reportagem, até caminhões do Exército Brasileiro estavam sendo usados no golpe.

O julgamento dos mais de 30 trabalhos inscritos na 30ª edição do certame promovido pelo Sindicato das Empresas de Transportes de Carga e Logística no Estado do Rio Grande do Sul (SETCERGS) ocorreu na tarde desta terça-feira, 20 de junho, na sede da entidade. A comissão julgadora, formada por representantes da Associação Riograndense de Imprensa (ARI), do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Rio Grande do Sul (SINDJORS), da Associação dos Repórteres Fotográficos e Cinematográficos do Rio Grande do Sul (ARFOC), do Sindicato dos Radialistas do Rio Grande do Sul e do SETCERGS, escolheu, ainda, os primeiros lugares nas categorias Fotografia, Jornal/Revista, Rádio e Televisão. Esta é a 30ª edição do Prêmio SETCERGS de Jornalismo.

Vencedores:

Categoria Fotografia: Tadeu Vilani (Zero Hora).

Categoria Jornal/Revista: Debora Ely (Zero Hora)

Categoria Rádio: Cid Martins e Jocimar Farina (Rádio Gaúcha)

Categoria Televisão: Andrei Rosseto (SBT RS)

Grande prêmio: Giovani Grizotti (RBS TV)


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade