Publicidade

Programa Transportadora da Vida premia empresas que promovem ações de segurança no trânsito

Com dez anos de trajetória promovendo ações de segurança no trânsito, o Programa Transportadora da Vida presta homenagem aos participantes do projeto durante a 19a Transposul – Feira e Congresso de Transporte e Logística, que acontece de 27 a 29 de junho, no Centro de Eventos da Fiergs, em Porto Alegre (RS). Fruto da parceria do Sindicato das Empresas de Transportes de Carga e Logística no Estado do Rio Grande do Sul (SETCERGS) com o Detran/RS, o projeto premia motoristas e instrutores. A solenidade ocorre na quinta-feira (29/06), às 18h no auditório 1.

Criado em 2007, o Programa Transportadora da Vida realiza capacitações, auditorias e faz o acompanhamento de ações nas empresas que tenham como objetivo reduzir o número de infrações, acidentes e vítimas de trânsito nas rodovias. Durante o período de abril de 2016 a março de 2017, as instituições participantes foram avaliadas em mais de 75 itens que envolvem: qualidade e gestão de pessoas, meio ambiente e segurança do trabalho, gestão operacional, treinamentos e ações de educação e segurança no trânsito. Por fim, as companhias que atingem 70% da pontuação final em seu check list, recebem a certificação de empresa Transportadora da Vida e as três melhores no ranking, ganham os troféus bronze, prata e ouro, de acordo com sua colocação.

Para o presidente do SETCERGS, Afrânio Kieling, a intenção é expandir o programa de modo que atinja não apenas os profissionais envolvidos no serviço prestado, mas promover a consciência nos consumidores.

– É importante que os clientes das transportadoras reconheçam a importância do trabalho. Nossa intenção é que esse investimento seja um pré-requisito para a contratação de novas empresas de transporte. Assim vamos garantir cada vez mais motoristas treinados, sensibilizados e conscientizados para uma condução segura nas estradas – explica.
Com o total de 26 transportadoras, a certificação possui duas categorias: Transporte de Produto Perigoso e Transporte de Produto Não Perigoso. Para a primeira classificação, a companhia precisa ser certificada pelo Sistema de Avaliação de Saúde, Segurança, Meio Ambiente e Qualidade (SASSMAQ).

Além das homenagens, a organização planeja duas surpresas em alusão aos dez anos do Programa.


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade