Publicidade

Rally Inhaúma tem dobradinha Polaris e circuito digno de mundial

Entre os 49 inscritos na segunda etapa do Mineiro de Rally de Velocidade, o português/brasileiro Nuno Fojo, piloto da Polaris, teve mais motivos para comemorar.

Foi campeão pela segunda vez seguida na UTV Pro com o RZR 1000 XP Turbo, garantiu o primeiro lugar na geral e ainda viu sua equipe subir ao pódio em mais duas categorias. Na UTV Super Production 1000, Daniel Luiz Guerra deu show com seu Polaris RZR XP4 1000 e na UTV 900, Luiz Flávio Cabral fez bonito com o RZR 900 S.

UTV Polaris

Com exigências dignas de mundial, a pista surpreendeu os participantes com o trecho cronometrado estendido de 19,8 para 24 quilômetros e várias estradas em sentido inverso da primeira etapa. O piso batido, com poeira, partes estreitas e sequências velozes definiram a prova e fizeram valer a experiência e técnica dos pilotos.

Com mais essa vitória, o Polaris provou ser resistente e bastante competitivo em meio a quadriciclos, carros , motos, gaiolas e veículos da cross-country (picapes e protótipos), e com o Nuno como piloto, não teve para ninguém! Lembrando que os UTVs, motos, quadris e gaiolas seguem o regulamento Baja, em que o levantamento é proibido e os pontos de atenção são sinalizados.

Os outros veículos seguem as regras normais do rally de velocidade, com levantamento na véspera e obrigatoriedade de presença do navegador.


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade