Publicidade

Em palestra para empresários, Jair Bolsonaro defende rigor no combate ao roubo de cargas

Estradas ruins, corrupção, pedágios caros e falta de segurança foram apontados pelo palestrante, Jair Bolsonaro, como os mais graves entraves ao crescimento do setor de transporte e logística. O parlamentar apresentou a palestra “O Transporte de Cargas e a Política econômica do Brasil” no último dia da 19ª Feira e Congresso Transposul, no Centro de Eventos da Fiergs, em Porto Alegre (RS). Durante a conversa com empresários do setor, Bolsonaro lembrou que, no Rio de Janeiro, o roubo de cargas virou negócio. Ou paga-se um pedágio altíssimo ou tem-se a carga roubada.

Jair Bolsonaro- O cara bate no para-brisa do caminhão e pergunta o que tem atrás? Dependendo da resposta (e nem pense em mentir), o motorista é conduzido a ir reto ou dobrar a direita. São 27 caminhões roubados por dia no Rio de Janeiro. Tem a ver com a violência? Tem sim. Como se resolve? Vou dar a minha opinião: com mais violência! Só assim para barrar o bandido – declarou.

Nascido em Campinas (SP), Jair Bolsonaro, do PSC, é militar da reserva e falou sobre a intenção de contar com uma colaboração maior do exército na solução de problemas nacionais.

– Sei que não podemos criar um batalhão de Engenharia do Exército de uma hora para outra. Porém tenho certeza que o militar quer colaborar com o Brasil e podemos ampliar o número dessas unidades por todo o Brasil para atender sem corrupção porque o maior foco de corrupção concentra-se no Ministério de Transportes – concluiu.

Após a palestra, o deputado visitou a Feira que reuniu 52 expositores de diversos segmentos relacionados com o transporte e logística. Outras informações do evento podem ser obtidas em transposul.com.


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade