Publicidade

Ford lança novos “Kits de Motores” e reduz o custo de manutenção dos caminhões Cargo e Série F

A Ford Caminhões lançou mais uma novidade na área de pós-venda, os “Kits de Motores” para veículos das linhas Cargo e Série F, que trazem uma redução média de 10% no preço das peças comparado à sua compra separadamente. Desenvolvidos junto com o Comitê de Peças e Serviços da Associação Brasileira dos Distribuidores Ford Caminhões (Abrafor) com base em pesquisas com os clientes, esses conjuntos para motores são divididos em quatro opções: Kit Completo; Kit de Válvulas de Admissão; Kit de Válvulas de Escapamento; e Kits de Jogos de Juntas.

A ação faz parte do amplo trabalho que a marca tem realizado com foco no pós-venda para oferecer aos clientes mais rapidez e economia na manutenção dos caminhões, em linha com sua nova assinatura “Seu mundo não pode parar”.

Kit de motorAlém da economia, uma das vantagens dos “Kits de Motores” da Ford Caminhões é a facilidade de logística e estoque, permitindo que todas as peças necessárias para o serviço sejam reunidas num único item para um atendimento rápido. Desde o seu lançamento no mercado, em abril, o volume de vendas desses itens na Rede de Distribuidores Ford Caminhões cresceu cerca de 30%, o que mostra a excelente receptividade dos clientes.

“Já reduzimos os preços de mais de 200 peças de reposição da nossa linha e continuamos trabalhando para oferecer aos clientes um serviço ágil e com preços mais vantajosos para a manutenção do seu caminhão”, diz Wilson Vasconcellos, gerente de Serviço ao Cliente da Ford Caminhões.

Conjunto de peças

Os novos kits atendem os motores Cummins Euro V de quatro e seis cilindros que equipam os caminhões semileves, leves, médios e pesados das linhas Cargo e Série F. O Kit de Motor completo inclui jogo de pistões, anéis, pino, jogo de camisas de cilindros e jogo de juntas superior e inferior.

Todos os motores dos caminhões da Ford com motores Cummins Euro V contam com dois anos de garantia e têm grande durabilidade, rodando em média 500.000 km sem necessidade de retífica. Em alguns casos, superam 1 milhão de km sem a necessidade de reparos corretivos, dependendo do tipo de aplicação, forma de condução dos motoristas e cuidados na manutenção.


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade