Publicidade

Copa Truck: Giaffone mantém domínio em Caruaru. Piloto da Volkswagen liderou tudo desde a estreia em Campo Grande

Bastou apenas uma das duas sessões de treinos livres que abriram a programação da etapa de Caruaru – a primeira da Copa Nordeste – nesta quinta-feira para o paulista Felipe Giaffone estender seu domínio na Copa Truck. O piloto da Volkswagen chegou atrasado ao Autódromo Internacional Ayrton, em função de compromissos assumidos na Europa, e perdeu os ensaios do início da tarde. No segundo, novamente sob variáveis condições climáticas, Giaffone anotou a volta mais rápida com o tempo de 1min57s998. Wellington Cirino (Mercedes), Leandro Totti (Volvo), André Marques (Mercedes) e Danilo Dirani (Scania) completaram o Top 5.

Felipe Giaffone

Apesar de manter a “invencibilidade” estabelecida em Campo Grande, onde estreou com pole, duas vitórias, as melhores voltas e comandar todos os treinos oficiais, Giaffone relativizou os resultados iniciais no agreste pernambucano. “Foi meio que uma loteria. Estávamos eu, o Dirani e o Totti trocando e acho que apenas consegui achar uma volta mais no seco. Mas o tempo todo eu era primeiro ou quarto. Nesta condição de pista, acho que está bem equilibrado e no molhado, sinceramente, acredito que eu não esteja tão bem. Então, minha preferência é pelo seco”, comentou.

Giaffone livrou vantagem de pouco mais de três décimos sobre Cirino, que não disfarçava o contentamento com o que pode ser – efetivamente – uma nova fase para os trucks da Mercedes, depois de um começo de temporada complicado – não correram em Goiânia e o desempenho no Mato Grosso do Sul nunca foi o sonhado. “Foi mesmo um início para a AM Motorsport. Começamos do zero, depois de um investimento alto do André Marques na equipe, e isso tem um reflexo, além de todo o nosso trabalho. Ele colocou nos trucks tudo o que precisava e, com certeza, estamos com o equipamento que já nasceu muito bom, que vai disputar corridas e copas. Então, aqui é mesmo nosso início de temporada e esperamos chegar ao pódio com os dois trucks”, avisou.

O paranaense Totti, mais veloz no primeiro treino, apareceu em terceiro no geral da quinta-feira. Ele torce para que os problemas apresentados na Copa Centro-Oeste tenham ficado no passado. “O caminhão está rápido, tá legal, está sempre entre os primeiros, mas talvez ainda não esteja tão confiável para as corridas. Temos sofrido alguns probleminhas, mas a equipe está trabalhando para solucioná-los. Andei bastantes hoje, 35 minutos direto no primeiro treino e 20 voltas no segundo, e deu tudo certo. Tomara que continue assim.”

Os estreantes também se destacaram. O paranaense Sérgio Ramalho ficou numa ótima 6ª colocação com o Ford da equipe comandada por Djalma Fogaça, enquanto o paulista Witold Ramasauskas, com o Man, terminou em 8º. Os pilotos voltam amanhã aos 3.180 metros do traçado do agreste pernambucano a partir das 9 horas para o terceiro ttreino livre, último antes das tomadas classificatórias marcadas para as 12h10.

Os melhores tempos do dia:

1 – Felipe Giaffone (Volkswagen), 1min57s998
2 – Wellington Cirino (Mercedes-Benz), a 0s341
3 – Leandro Totti (Volvo), a 0s344
4 – André Marques (Mercedes), a 0s770
5 – Danilo Dirani (Scania), a 1s967
6 – Sérgio Ramalho (Ford), a 2s094
7 – David Muffato (Volswagen), a 3s379
8 – Witold Ramasauskas (Man), a 5s470
9 – Roberval Andrade (Iveco), a 5s731
10 – Regis Boessio (Volkswagen), a 6s121
11 – Jaidson Zini (Scania), a 6s456
12 – Duda Bana (Scania), a 7s199
13 – Débora Rodrigues (Volkswagen), a 8s386
14 – Renato Martins (Volkswagen), a 11s033
15 – Joel Mendes Jr. (Scania), a 11s619
16 – Djalma Fogaça (Ford), a 13s575
17 – Luiz Lopes (Iveco), a 15s058

_________________________________________________
Texto: Márcio Fonseca (MTb 14.457)
Imagem: Fábio Oliveira


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade