Publicidade

Mercedes-Benz exporta 40 caminhões para Serra Leoa e Emirados Árabes. O modelo exportado é o Atego 1725 4×4 para aplicações fora de estrada

O caminhão Atego 1725 4×4 desenvolvido para atender aplicações fora de estrada cruza o oceano para conquistar mais clientes nas exportações. Desta vez, o produto brasileiro embarca para países da região da África e Oriente Médio. Na negociação foram comercializadas 26 unidades desse modelo para Serra Leoa (país da África Ocidental) e outras 14 para Abu Dhabi (capital dos Emirados Árabes Unidos).

Os caminhões serão utilizados em diferentes aplicações nesses países. No continente africano, irão atuar na locomoção de mineiros como também no transporte de água dentro das mineradoras, equipados com implementos tanques. No caso da capital árabe, os modelos Atego serão utilizados pelo Ministério da Defesa para o transporte de tropas.

Atego 1725 4x4Todos esses veículos passaram pelo Centro de Customização para Clientes – CTT, localizado dentro da Mercedes-Benz do Brasil, para atender as solicitações específicas dos clientes. Os modelos para os Emirados Árabes receberam escape vertical, pneus largos super single 365/85, para aumentar a eficiência nas operações fora de estrada, e pintura especial na cor areia para camuflagem.

No caso dos veículos embarcados para Serra Leoa, objetivando o rápido início de sua operação na localidade, as unidades já foram exportadas com os implementos necessários para o transporte de pessoas, além de alguns modelos equipados com tanques. Esses caminhões também receberam pneus super single na mesma medida dos enviados à Abu Dhabi.

“Essas exportações são resultado da força das equipes de Vendas e Serviços em sempre ouvir o que o cliente realmente precisa em termos de produtos e serviços para que sua atividade seja lucrativa. Esse comportamento com base no slogan ‘As estradas falam, a Mecedes-Benz ouve’ traz efeitos positivos para os transportadores tanto do mercado interno quanto do externo”, declara Roberto Leoncini, vice-presidente de Vendas, Marketing e Peças & Serviços Caminhões e Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil.

“Os caminhões Atego com sua robustez, durabilidade e flexibilidade para inúmeras operações estão ganhando, cada vez mais, participação nas exportações para atuar em aplicações severas do transporte com características semelhantes às do Brasil”, afirma Leoncini.

Maior exportadora de veículos comerciais

A Mercedes-Benz do Brasil é a maior exportadora de veículos comerciais da América Latina e comercializa seus produtos para mais de 40 países da América Latina, África e Oriente Médio. “O desempenho da Empresa nas exportações tem evoluído de forma significativa. Em 2015 foram exportados 4.653 caminhões e no ano seguinte o volume chegou a 6.382 unidades. As vendas de ônibus, no mesmo período, saltaram de 5.902 para 6.527 unidades comercializadas”, destaca Philipp Schiemer, presidente da Mercedes-Benz do Brasil e CEO América Latina.

No acumulado de 2017, entre os meses de janeiro e junho, a Empresa tem mantido boa performance nas exportações. No total foram comercializados 3.965 caminhões, crescimento de 44,3% em relação ao mesmo período do ano anterior. As vendas de ônibus também seguem com crescimento. Nesse período foram vendidos 3.354 ônibus, que em comparação com 2016 obteve aumento de 24,2%.

Atego 1725 fora de estrada

O Atego 1725 com tração 4×4 é desenvolvido para operações especiais como construção civil, segmento agrícola e transporte militar. O chassi é feito com material de grande resistência à torção e flexão, o que faz desse veículo um produto ideal para operações severas.

O potente motor OM-906 LA, de 245 cv a 2200 rpm e um torque de 92 mkgf de 1200 a 1600 rpm, propicia maior desempenho, baixo consumo de combustível e atende à legislação Proconve P-5 (Euro III). O Atego fora de estrada é reconhecido como um veículo robusto e resistente para atuar em aplicações que exigem vencer obstáculos em terrenos dos mais variados tipos de topografia.


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade