Publicidade

Novo sistema de remoção e armazenamento de veículos chega ao Rio Grande do Sul. Além de maior cuidado com os veículos, Rodando Legal pode agilizar os leilões

Um novo conceito de pátio de veículos irregulares está chegando ao Rio Grande do Sul nesta terça-feira (15). É o Rodando Legal, empreendimento do grupo carioca L2R em parceria com a gaúcha Rek Parking, que será inaugurado em Viamão. Este será 33º pátio do Rodando Legal e o nono Estado de atuação. Hoje, a empresa está presente no Rio de Janeiro, Minas Gerais, São Paulo, Bahia, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Paraná.

O novo conceito salta aos olhos desde a recepção aos proprietários de veículos, que terão sala com ar condicionado, água, café e banheiros para portadores de deficiência. O empreendimento utiliza a tecnologia para ser mais eficiente na guarda dos veículos e permite agilizar a recuperação dos créditos devidos ao poder publico. A partir da apreensão pelo órgão de trânsito, a Guia de Recolhimento de Veículo (GRV) é produzida através de um smartphone, conectado a uma impressora online. Depois vem o lacre de todas as áreas do veículo para permitir maior segurança ao proprietário, ao órgão de segurança e ao prestador de serviços. Além disso, os guinchos possuem câmeras que permite acompanhar todos os movimentos.
Outra novidade será a forma de pagamento das infrações. Ela poderá ser feita através de boleto, crédito em conta ou cartão de crédito e débito. Através do site é possível emitir o boleto de pagamento com o valor atualizado.

Entre as vantagens do novo conceito de pátio está o fato de ele não ocasionar qualquer custo para o município, além de incentivar a recuperação de créditos. Somente em Viamão, existem hoje R$ 12 milhões em atraso.
Outros destaques é que o sistema permitirá o aumento de ações fiscalizatórias, evitando possíveis assaltos e furtos. A agilidade no encaminhamento dos veículos para leilões também ajuda a evitar a poluição do solo, já que a má conservação faz com que cresçam a ferrugem e o vazamento de óleos.

A primeira unidade gaúcha do Rodando Legal está instalada em uma área de 8 mil metros quadrados, com capacidade para guardar até 2 mil veículos. O novo sistema vai gerar 13 empregos diretos e cerca de 40 indiretos.


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade