Publicidade

ZEN orienta como trocar impulsor de partida com sistema stop spline

Faz parte do DNA da ZEN estar sempre próxima aos reparadores, ouvindo constantemente as suas necessidades e os orientando para que possam tirar o melhor proveito de seus componentes. Por isso, a fabricante de autopeças catarinense acredita que o cuidado redobrado em cada uma das etapas de troca de uma peça faz toda a diferença. Como forma de cumprir esse compromisso, confira a seguir como é feita a substituição do impulsor de partida com sistema stop spline. O principal diferencial dessa nova tecnologia é um batente, que limita a avanço da peça e garante o alinhamento correto dos componentes do motor elétrico.

O produto equipa os caminhões leves e médios fabricados pelas montadoras alemãs MAN Latin America e Mercedes-Benz (série 29 MT) e traz como principais vantagens melhor performance e menor nível de ruídos durante o acionamento do propulsor.

Os técnicos da ZEN alertam que, apesar de a substituição desta peça (códigos 1679 e 1805) ser uma operação simples, feita em apenas quatro etapas, é necessário ter atenção especial a cada uma delas: se algo não for feito corretamente, o motorista poderá enfrentar problemas no motor.

Troca do componente:
1. O primeiro passo é retirar o anel ou a arruela do limitador;
2. Feito isso, movimente o impulsor no sentido do mancal da planetária. Na sequência, gire a peça para mudar o sentido da estria do impulsor com a estria livre do eixo do induzido ou da planetária;
3. Agora já é possível substituir o impulsor com falha por outro novo. Após a troca, repita o procedimento anterior até conseguir um travamento nas estrias no sentido de avanço;
4. Recoloque, então, o anel ou a arruela no limitador. Verifique se o impulsor está bem fixado e não sai das estrias do eixo induzido ou da planetária e, então, remonte o motor de partida. Pronto!

Mais dicas
O impulsor de partida com sistema stop spline é instalado junto ao motor de partida e é responsável por acionar o propulsor a combustão para que o veículo funcione. O diagnóstico de problemas é bem fácil: ao acionar a ignição, a peça é acionada, mas ela não consegue transmitir o torque para o veículo funcione. Em alguns casos, é emitido um alto nível de ruído durante a partida.

Os motores de partida são projetados para operar continuamente por um tempo máximo de 30 segundos. Caso o motor de combustão não entre em funcionamento ao final deste período, é necessário aguardar por, no mínimo, dois minutos para que ocorra o devido resfriamento da peça.

Os técnicos da ZEN recomendam ao motorista sempre fazer a manutenção preventiva do sistema de partida. Ao levar o carro para a oficina, é necessário solicitar ao reparador técnico uma checagem bem rigorosa nos parafusos de fixação do motor de partida, verificar o nível de carga da bateria e as condições dos cabos.

Para mais informações sobre os produtos, é só contatar o SAC (Serviço de Atendimento ao Consumidor) pelo número 0800 47 1919 ou site https://www.zensa.com.br.


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade