Publicidade

EMBRAPII produzirá novo sistema de escapamento para a Fiat Chrysler

A Unidade EMBRAPII Tecgraf/PUC-Rio, localizada no Rio de Janeiro, acaba de assinar um acordo de colaboração com a FCA (Fiat Chrysler Automóveis Brasil LTDA) e a Universidade de Coventry, na Inglaterra, para o desenvolvimento de um sistema de escapamento leve. No valor total de R$ 1 milhão, o foco da colaboração será a transferência de tecnologia e conhecimento entre as duas instituições para o aprendizado das capacidades e processos necessários para a execução do projeto.

O acordo envolverá o trabalho em conjunto de pesquisadores da Unidade EMBRAPII e especialistas do Institute for Advanced Manufacturing and Engineering (AME) – uma parceria entre a Universidade de Coventry e a Unipart Manufacturing. Durante sua execução, pesquisadores da Unidade irão visitar as instalações da AME, no Reino Unido, para conhecer de perto o ambiente de manufatura avançada de prototipagem.

Segundo Virgínia Monteiro, colaboradora da Unidade EMBRAPII Tecgraf/PUC-Rio e responsável pela coordenação técnica do projeto, o objetivo é trabalhar com técnicas de otimização multifísica aplicadas a componentes estruturais. A colaboração irá possibilitar a troca de conhecimentos nas áreas de otimização teórica e prototipagem avançada. “Já tínhamos experiência em trabalhos acadêmicos de simulação multifísica fluido-estrutura. Porém, esta é a primeira vez que realizamos um trabalho que envolve a otimização de componentes estruturais para o desenvolvimento de um sistema de escapamento leve. Pretendemos também, no futuro, investigar o desenvolvimento de um software próprio para a realização deste tipo de análise numérica”, revela.

Waldemar Celes, gerente da Unidade EMBRAPII, destaca a importância da parceria para o futuro. “Além da absorção da tecnologia específica deste projeto, acreditamos que este possa ser o primeiro de muitos projetos em cooperação com a indústria automobilística, em especial com a FCA. A parceria com a Universidade de Coventry também pode criar oportunidades para projetos de P,D&I”.

Já o diretor da AME, Carl Perrin, explica que parte do IP desenvolvido com o software Virtual Exhaust Prototyping System (VExPro) e a tecnologia usada no projeto do Aston Martin PROVE serão transferidos para esta colaboração entre a FCA e o Tecgraf/PUC-Rio. A missão é trazer inovação e o uso de novas tecnologias no processo de desenvolvimento do produto.


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade