‘Waymo e Intel colaboram no desenvolvimento de tecnologias para carros autônomos’ – Por Brian Krzanich

Uma das maiores promessas da inteligência artificial (AI) é o nosso futuro sem motoristas. Aproximadamente 1,3 milhão de pessoas morrem em acidentes de trânsito em todo o mundo todos os anos – uma média de 3.287 mortes por dia¹. Cerca de 90% dessas colisões são causadas por erros humanos².

A tecnologia para o carro sem motorista pode ajudar a prevenir esses erros ao dar aos veículos autônomos a capacidade de aprender com a experiência coletiva dos milhões de automóveis – evitando as falhas cometidas pelos outros e criando um ambiente mais seguro para a direção.

Kit para a imprensa: Condução Autônoma

Considerando o ritmo que a condução autônoma está ganhando vida, espero totalmente que meus netos nunca tenham a chance de dirigir um carro. Este é um pensamento surpreendente: algo que praticamente 90% dos norte-americanos fazem todos os dias acabará dentro de uma geração³. Com tanto potencial para salvar vidas, esta é uma transformação rápida na qual a Intel liderando ao lado de outros players da indústria, como a Waymo.

Os mais recentes veículos da Waymo, as minivans híbridas Chrysler Pacifica, são equipados com tecnologias baseadas na Intel para processamento dos dados dos sensores, computação e conectividade geral, habilitando decisões em tempo real para autonomia total nas ruas das cidades.

À medida que a tecnologia para o carro sem motoristas da Waymo se torna mais inteligente e capaz, seu hardware e software de alto desempenho exigirão ainda mais poderio e eficiência de processamento. Ao trabalhar em parceria com a Waymo, a Intel pode oferecer à frota de veículos da Waymo o poderio de processamento avançado necessário para autonomia nível 4 e 5.

Com 3 milhões de milhas dirigidas no mundo real, os carros da Waymo com a tecnologia Intel já processaram mais milhas rodadas por carros autônomos do que qualquer outra frota similar nas ruas dos EUA. A colaboração da Intel com a Waymo garante que a Intel continuará a exercer sua liderança ao ajudar a transformar a promessa da condução autônoma e de um futuro mais seguro e livre de colisões em realidade.

Brian Krzanich é o CEO da Intel Corporation
.

¹ Organização Mundial da Saúde, Fact Sheet sobre lesões em acidentes de trânsito, atualizado em maio de 2017: http://www.who.int/mediacentre/factsheets/fs358/en/

² Pesquisa nacional de Causas de Colisões em Veículos Automotores, Departamento de Transporte dos EUA, julho de 2008:

https://crashstats.nhtsa.dot.gov/Api/Public/ViewPublication/811059 http://cyberlaw.stanford.edu/blog/2013/12/human-error-cause-vehicle-crashes

³ Administração Rodoviária Federal, novembro de 2014:

https://www.fhwa.dot.gov/policyinformation/pubs/hf/pl11028/chapter4.cfm



Leia Também:
Anterior:

Próxima: