Publicidade

Ford GT vence às 6 Horas de Xangai e acirra a disputa pelo mundial de pilotos

O Ford GT pilotado por Andy Priaulx e Harry Tincknell venceu as 6 Horas de Xangai, neste domingo, penúltima etapa do Campeonato Mundial de Endurance 2017. Com sua segunda vitória consecutiva na China, a dupla britânica vai para a prova final no Bahrein, daqui a duas semanas, com chances de conquistar o título de pilotos na categoria LM GTE Pro.

“Foi uma grande vitória para o time hoje, não só na corrida mas no campeonato”, comemorou Dave Pericak, diretor global da Ford Performance. “Estamos definitivamente na disputa pelo título e esperamos fechar a conta no Bahrein. A competição é forte e também ficamos perto do título de fabricantes, mas felicitamos a Ferrari e esperamos competir contra eles novamente no próximo ano.”

Ford GTOs dois Ford GTs, números 67 e 66, largaram em quarto e quinto lugar, respectivamente, depois de taticamente poupar os pneus na qualificação do sábado. Andy Priaulx foi bloqueado no GT 67 e caiu para sexto, mas Olivier Pla teve um início voador no Ford GT 66, passando de quinto para terceiro no final da primeira volta.

Priaulx se concentrou e fez uma incrível corrida de recuperação com o GT 67 até receber a bandeira quadriculada – não sem antes viver aquele tipo de batalhas que deixam o time inteiro nervoso no box. A pouco mais de duas horas do final, ele ultrapassou o Porsche 91 e assumiu a liderança.

“Essa foi provavelmente a nossa vitória mais difícil e gratificante até agora”, disse Priaulx. “Todo momento era crítico. Toda volta, cada parada no box, tudo tinha de ser perfeito. Nós realmente precisávamos desse resultado e estamos de volta à luta pelo campeonato de pilotos. É nossa quarta vitória juntos, então devemos estar fazendo algo certo. E não conseguiríamos nada sem este brilhante time. O carro estava ótimo, as paradas e a estratégia foram perfeitas. Tudo o que precisamos fazer agora é ir ao Bahrein e vencer de novo.”

Na etapa final da corrida, coube a Harry Tincknell a tarefa de manter o Ford GT 67 na liderança.

“Fiquei bastante emocionado na última volta, já que essa vitória era muito esperada”, disse Tincknell. “Sabíamos que tínhamos um desafio, largando em quarto lugar, mas não desistimos e quando precisamos colocar o pé embaixo conseguimos. Eu sabia que ia ser atacado pelo Porsche e no final tive que dar tudo para defender a ponta. Consegui mantê-lo atrás até a última parada no box, quando os meninos me deram pneus novos, o que tornou a meia hora final mais tranquila. Estou muito feliz com essa vitória, foi um grande esforço de equipe.”

Stefan Mucke e Olivier Pla largaram bem no Ford GT 66, mas perderam posições numa das paradas e terminaram em quarto lugar. A prova final da temporada será no próximo dia 18 de novembro no Bahrein.


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade