Pirelli P Zero e McLaren Senna: a jornada compartilhada da pista para a estrada

Anúncios Ecompare

A longa parceria técnica entre a Pirelli e a McLaren agora abre um novo capítulo, um dos mais desafiadores de sua história. O desenvolvimento de pneus para garantir os níveis mais altos de desempenho, dentro e fora da pista, para um carro especial, com características únicas: a nova McLaren Senna.

O resultado são versões particularmente extremas dos pneus P Zero e Pirelli P Zero Trofeo, que irão equipar o hipercarro britânico. O P Zero Trofeo desenvolvido para a McLaren Senna foi concebido para uso em circuitos de corrida, mas também pode rodar em ruas e estradas. Da mesma forma, o P Zero, por natureza um pneu mais para uso diário, também poderá ser utilizado em pistas.

Para desenvolver o melhor produto possível, os engenheiros da Pirelli dependiam não só de uma extensa história compartilhada com a McLaren – especialmente no desenvolvimento de pneus para o P1 – mas, acima de tudo, de todas as lições aprendidas no motorsport.

A McLaren Senna é um autêntico carro esportivo, uma reminiscência de uma máquina de GT3 para a estrada. Isto fica explicito em sua estarrecedora potência de 800 cavalos, em seu chassi de fibra de carbono extremamente leve, em seu sistema de suspensão derivado do usado em competição e em sua aerodinâmica de ponta. Estas características principais requisitaram pneus feitos sob medida, capazes de suportar extrema aceleração e altíssimas cargas aerodinâmicas.

Anúncios Ecompare

A Pirelli deu atenção especial aos materiais para conseguir alcançar estes objetivos, escolhendo os mais adequados a uma performance extrema, com peso leve e design ideal, garantindo confiabilidade e adequação a um propósito. A combinação de todos esses elementos garante perfeito equilíbrio e aderência, com entradas precisas nas curvas, estabilidade impressionante e máxima tração em qualquer condição, além de distâncias de frenagem reduzidas. O desenho inovador do pneu, com perfis e paredes laterais assimétricas, proporciona a aderência lateral ideal e maximiza a interação entre os eixos dianteiro e traseiro.


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima: