Petrobras quer melhorar condições de vida de comunidades lindeiras em Araucária

Araucária é um importante polo industrial do Paraná e o reflexo dessa
atuação é que o município é o segundo do Estado em arrecadação de ICMS,
mesmo ocupando a 13ª posição em quantidade de habitantes. A Refinaria
Presidente Getúlio Vargas (Repar), da Petrobras, é uma das indústrias que
contribuem de maneira significativa para a região, principalmente por seu
faturamento e empregabilidade, mas também pelo apoio socioambiental que
oferece para a cidade.

Um dos projetos que a Petrobras patrocina na região é o Alvorecer. Realizado
pela organização social Gerar, ele tem como objetivo qualificar jovens e
adolescentes das regiões lindeiras da Repar – com principal foco nos bairros
Jardim Alvorada e Thomaz Coelho. Ao todo, 139 adolescentes participaram da
primeira fase do projeto, que aconteceu entre 2015 e 2017 e conseguiu
inserir cerca de 70% dos participantes no mercado de trabalho. “Ações como
essas demonstram que as empresas estão se preocupando com as populações que
vivem ao seu redor. No caso de Araucária e da Repar, o Alvorecer é
importante porque qualifica jovens e adolescentes, com especial atenção para
aqueles em situação de vulnerabilidade social, gerando novas possibilidades
de rendimentos conhecimentos que talvez eles não tivessem contato por outros
meios”, comenta a superintendente institucional da Gerar, Heloisa Arns.

Agora, o projeto entra na segunda fase, com o objetivo de ensinar
gastronomia para 150 moradores dos bairros Jardim Alvorada e Thomaz Coelho
de Araucária com idade entre 17 e 29 anos. A proposta veio após uma análise
das oportunidades de trabalho, considerando o crescimento da área de
alimentação nos últimos anos na região.

Mas a ideia não é só ensinar um novo ofício: é também promover a formação
humana. “O curso tem um total de 114 horas. Além das disciplinas específicas
de gastronomia, que vão desde uma introdução à cozinha até os procedimentos
de segurança na manipulação de alimentos, os participantes também terão
contato com noções de planejamento de vida e atendimento ao cliente”,
completa Heloisa. Ela ainda ressalta que o projeto contém uma disciplina
focada em direitos humanos. “O respeito à orientação sexual, raça e etnia é
um ensinamento necessário para formarmos cidadãos integrais e para
construirmos um País e um mundo cada vez melhor”, projeta.

No total, serão abertas seis turmas para o Projeto Alvorecer, com inscrições
gratuitas e que podem ser realizadas na Associação de Moradores do Jardim
Alvorada. Para participar, é necessário residir nos bairros Jardim Alvorada
ou Thomaz Coelho, ter entre 17 e 29 anos, e também estar matriculado em
alguma instituição de ensino ou ter concluído o ensino médio.

Fortalecendo as lideranças locais

Envolver a liderança de onze comunidades localizadas no entorno da Repar
também faz parte do projeto Alvorecer. Estão previstas reuniões para
fortalecer a autonomia, o protagonismo das lideranças comunitárias, a
realização de palestras e oficinas sobre temas diversos, como saúde,
empregabilidade e empreendedorismo. “A ideia é trazer inovação e
conhecimento para as comunidades, possibilitando que elas possam desenvolver
seus projetos e ideias”, completa a superintendente da Gerar. Ela ainda
ressalta que a educação, somada ao trabalho, pode ser grande instrumento de
transformação social. “Pode parecer um mero lugar-comum, mas ‘ensinar a
pescar’ é o que fará a diferença. E a educação, nesse cenário, é essencial
para empoderar as pessoas para que elas busquem suas realizações”, finaliza.

SOBRE A GERAR

A Gerar é uma organização sem fins lucrativos que, desde 2003, desenvolve e
implementa projetos de sustentabilidade social e ambiental. A utilização da
metodologia própria tem como foco não somente combater a pobreza, mas dar
condições para que as pessoas sejam protagonistas de suas histórias,
aproveitando as potencialidades locais para a realização de projetos de
geração de trabalho e renda. Nesse trabalho, destacam-se os programas
Aprendiz Legal, concebido pela Fundação Roberto Marinho e implementado pela
Gerar no Paraná e em Santa Catarina, que já foi responsável pela formação de
mais de 11 mil jovens; o Gerar Estágios, franquia da Rede Pró Estágios
Brasil, que promove todo o processo administrativo para gerenciamento de
estagiários; o Gerar Sênior, que fomenta o envelhecimento saudável e ativo
de pessoas acima de 50 anos; e o Gerar Idiomas, que possibilita a aquisição
de uma segunda língua em um método de ensino híbrido, que mescla aulas
presenciais com o uso do e-learning Rosetta Stone.

Telefone: (41) 3039-6599
Site: www.gerar.org.br

Mais...


Leia Também:
Anterior:

Próxima: