Mercedes-Benz lança websérie do chassi Sprinter com depoimentos de proprietários e motoristas

A Mercedes-Benz, contando com a participação da Cargofrio, empresa transportadora e distribuidora de sorvetes, iogurtes e outros frigorificados, lança uma websérie especialmente criada para destacar a versatilidade de aplicação dos chassis com cabina da linha Sprinter.

A Cargofrio Logística e Transportes conta com sete filiais nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Bahia, Rio Grande do Sul e Paraná. Em São Paulo, presta serviços à Lago Azul Distribuidora, com sede em Jundiaí, que representa à Nestlé Sorvetes na capital e no interior.

Juliano Martins Morassi, diretor da Cargofrio, aponta diversas vantagens da Sprinter 313 CDI Street para suas operações de distribuição urbana. “A Sprinter se destaca pelo bom desempenho em matéria de consumo de combustível, gerando economia para a nossa empresa”, diz o cliente. “Além disso, tem um índice baixo de manutenção e um pós-venda que nos ajuda a obter um bom valor de revenda na hora da troca”.

A escolha da Sprinter Street pela Cargofrio se deu após testes realizados com veículos de várias marcas. “Na avaliação que fizemos, o veículo atendeu nossa expectativa de custo/benefício”, afirma Juliano. “Também pesou na nossa decisão a confiança na marca Mercedes-Benz, o que gera tranquilidade para quem contrata os nossos serviços. Assim, temos isso a mais para oferecer aos nossos clientes”.

Contando com 10 unidades da Sprinter em sua frota, o cliente ressalta que este veículo Mercedes-Benz tem gerado uma satisfação maior dos seus colaboradores no dia a dia. “Ele oferece mais conforto e segurança, pontos importantes que nós prezamos nas nossas operações”, destaca Juliano. “É um carro completo, com design moderno, que traz benefícios aos motoristas que o conduzem”.

Na websérie, o motorista Jacienio Mário de Souza também deu seu testemunhal sobre a Sprinter. “Melhorou muito o meu dia a dia. É um veículo espaçoso e bastante confortável”, diz ele. “O veículo é muito bom para as áreas centrais das cidades. Além disso, a Sprinter Street pode entrar em qualquer lugar, porque não tem restrição. É boa de manobra, esterça bem e tem uma estabilidade muito boa”.

Sprinter Street pode circular livremente em zonas de restrição

Com 3,5 toneladas de PBT, os chassis e também os furgões Sprinter 313 CDI Street são registrados como caminhonetes, podendo, portanto, ser conduzidos por motoristas com carteira de habilitação da categoria B.

A Sprinter Street tem permissão para circular livremente pelas vias das grandes cidades, mesmo em zonas de restrição. Assim, seus proprietários podem utilizar o veículo para o trabalho a qualquer hora do dia e em qualquer área urbana, respeitando apenas regras municipais de circulação, como o rodízio de placas na cidade de São Paulo. Isso resulta em mais disponibilidade para o transporte e, consequentemente, mais produtividade e maior lucratividade para o cliente, além de vantagens logísticas para o segmento.

“Em 2018, esperamos um bom desempenho de vendas com a Sprinter chassi com cabina motivado pelo aumento de demanda do e-commerce, varejo e licitações na área de atendimento da saúde”, afirma Jefferson Ferrarez, diretor de Vendas e Marketing Vans da Mercedes-Benz do Brasil. “O êxito desse nosso veículo comercial leve numa aplicação especializada como a da Cargofrio mostra que o mercado reconhece atributos como excelente custo operacional e custo/benefício, bem como o elevado padrão de conforto para o motorista”.

Robustos e resistentes, os chassis com cabina da linha Sprinter são oferecidos ao mercado nos modelos 313 CDI Street (versões longo e extra-longo), 415 CDI (longo) e 515 CDI (longo e extra-longo). Oferecem uma excelente capacidade de carga, com até 22 m³ de espaço útil e carga útil até 2.990 kg, assegurando produtividade e rentabilidade.

Mais...


Leia Também:
Anterior:

Próxima: