Fronius se torna grande aliada em projetos para intralogística

No início do século XX, as baterias automotivas entraram em uma nova era: a difusão dos automóveis. Atualmente, todos os veículos automotores possuem baterias. Elas foram introduzidas em 1912, quando assumiram um papel semelhante ao atual, substituindo a manivela de ignição e servindo para acionar as luzes. Eventualmente, elas servem como fonte de energia para os sistemas auxiliares, que cresceram em quantidade e para tarefas pontuais, como a ignição. Com uma tecnologia inteligente, os carregadores foram concebidos para um grupo amplo de produtos que usam bateria, como: veículos, carros antigos, máquinas agrícolas, aviões esportivos, barcos, empilhadeiras, carrinho de golfe e todas as oficinas. Com os carregadores Fronius, que possuem uma tecnologia única chamada Ri (resistência interna), é possível testar a capacidade de arranque da bateria, o estado de carga e a função do alternador. Eles carregam as baterias de forma automática e suavemente. Após completar a carga, o carregador substitui para a carga de manutenção, evitando a auto descarga. Um detalhe importante da empresa austríaca Fronius, é que o carregador pode ficar permanentemente conectado à bateria com consumo mínimo de energia.

Soluções para otimizar o tempo em execução de atividades

Hoje em dia, as empresas estão cada vez mais interessadas em qualificar seus métodos durante as atividades intralogísticas. Atualmente, as operações nesta área podem representar até 25% dos gastos com as ações internas de movimentação e armazenagem. Gradativamente procuram investir em produtos sustentáveis e em processos de carregamento para otimizar o tempo de execução das atividades.

A Fronius possui soluções inteligentes, tecnológicas e assertivas, para que as empresas possam aproveitar cada vez mais seus CDs (Centros de Distribuição) ou seus espaços logísticos para outras atividades. “Para minimizar custos e, inclusive, energia elétrica, planejamos projetos de acordo com a necessidade do cliente” explica Mariana Kroker, gerente de vendas nacional da divisão de carregadores de baterias da Fronius.
Tudo depende da operação que o cliente possui, turnos de trabalho, tipos de equipamentos e necessidades especiais para aquela operação. Ele será beneficiado com qualquer modelo que escolher, porém, a empresa indicará a melhor opção para que atenda às suas necessidades logísticas.

O grande gargalo para muitas empresas são os carregadores mais antigos, principalmente, por ocuparem mais espaços e consumirem mais energia. “Nossa equipe estuda minuciosamente cada projeto. Avaliamos todos os procedimentos para oferecermos uma operação mais sustentável, com menos baterias, menor consumo e com cargas mais rápidas”, conta Kroker. A ideia é de economizar mais espaço. Logo não será mais necessária uma sala de baterias e sim, pit stops de cargas.

Após o projeto realizado pela multinacional atendendo as necessidades da empresa, é possível ao longo de quatro anos o faturamento ultrapassar R$ 200 mil. Segue um case abaixo como exemplo.

Este resultado é devido aos modelos Selectiva que contam com o processo de carregamento Ri, inovação revolucionária que usa uma curva de carregamento que trabalha em função da resistência interna da bateria, enviando para ela, apenas o que precisa, ou seja, o carregamento é frio e suave, aumentando em até 25% a vida útil das baterias. Os equipamentos da Fronius possuem várias curvas de carga, que se adequam facilmente a cada tipo de bateria.

Já os carregadores para baterias de tração vieram com um sofisticado processo de carregamento, que reduzem custos e modernizam o processo de carregamento de baterias. São muito eficientes, pois reconhecem o fator de carga da bateria, carregando apenas o necessário. Além disto, reconhecem os diferentes tipos de bateria, já que nenhuma é igual a outra. Alimenta vários tipos de baterias com um mesmo carregador, independente se as tensões e amperagens forem diferentes. As séries Selectiva reconhecem automaticamente a idade, o estado de carga e outros critérios importantes da bateria, através de curvas inteligentes de carga, que aumentam a vida útil e a rentabilidade da bateria, além de diminuir as despesas de manutenção. Outra vantagem deste carregador é que a bateria aquece o mínimo possível durante o processo de carregamento. Os carregadores estão disponíveis nas versões 2, 3, 8 e 16 kW e atendem diversas tecnologias de baterias, tamanho e capacidade.

Carregadores Selectiva

Como escolher o carregador adequado para a necessidade da empresa?

“Tudo depende da operação que o cliente possui, como: turnos de trabalho, tipos de equipamentos e necessidades especiais para aquela operação. Os benefícios serão adquiridos com qualquer modelo que escolher, porém, indicaremos sempre a melhor opção para que tenha êxito em sua operação. Temos equipamentos extremamente modernos, de alta tecnologia e performance”, esclarece Mariana.

Os carregadores de bateria são os itens mais econômico dentro de uma sala de bateria, porém, determinam 50% dos problemas operacionais, visto que a não disponibilidade de bateria para a logística e caminhões parados aguardando carregamento, são fatores negativos para a operação. “É necessário ficar atento ao modo de alimentação da bateria. Se for abastecida por carregadores de baixa performance e não indicarem problemas de imediato, quando existirem, os custos de manutenção e as contas de energia aumentarão absurdamente”, ressalta Mariana.

A Fronius é uma somatória de benefícios, principalmente, por oferecer produtos de qualidade. Possuem uma equipe e representantes treinados para atender a um mercado que se conscientiza cada vez mais pela sustentabilidade, tanto pela questão ambiental como pelo lado financeiro”, completa Mariana.



Leia Também:
Anterior:

Próxima: