PRIMEIRA VOLTA – Citroën C4 Cactus chega para espetar a concorrência

Chega às concessionárias o novo Citroën C4 Cactus, o SUV compacto da marca francesa que chega para espetar a concorrência. Trata-se de um projeto global do Groupe PSA – liderado, desenvolvido e produzido na América que chega para representar a nova assinatura “Inspired By You”, inspirada pela vida e atitude das pessoas.

O novo C4 Cactus foi idealizado e desenvolvido no Brasil – e, posteriormente, exportado para outros mercados mundiais. Suas linhas orgânicas e a frente alta chamam a atenção logo de cara. A frente se caracteriza pela assinatura luminosa em três estágios. . O Chevron tridimensional cromado é destaque na dianteira, estendendo-se por meio da grade até as extremidades – onde envolvem os DRLs. Na parte baixa, os projetores adotam uma nova máscara negra.

O novo para-choque, com um ângulo de ataque maior (22°), reforça o DNA SUV. Ele apresenta dois elementos estilísticos característicos: as Gélules – regiões que contornam os faróis de neblina e que podem ser personalizadas – e os Ecopes, apêndices posicionados na região das extremidades do para-choque que dão maior volume ao conjunto. Destaque para o exclusivo teto flottant (flutuante) – que dá continuidade ao vidro traseiro projetado – e as barras de teto que também trazem o mesmo conceito, assegurando grande movimento.

Na coluna C, temos a presença de uma barbatana flottant (flutuante), , que se caracteriza por dois elementos gráficos que conectam os vidros e criam uma região na cor do carro também flutuante. O SUV compacto também conta com proteções nas molduras das caixas de rodas e na parte inferior da carroceria, bem como de Airbump® refinados na parte inferior das portas, que cercam a totalidade da carroceria.

Na traseira, que ficou um tanto destoante da dianteira, o modelo revela grupos óticos dotados de dois módulos LED alongados e com efeito 3D. Esses conjuntos estendem-se para a tampa do porta-malas na cor da carroceria. O para-choque traseiro na cor da carroceria suporta as curvas laterais fluidas da tampa do porta-malas, reforçando o visual liso do modelo. Com um ângulo de saída de 32°.

Ao todo são 14 possibilidades de personalização graças à oferta da carroceria biton. Para isso, são oferecidas três opções de cores de teto (Branco Banquise, Preto Perla Nera e Azul Esmeralda), que podem se compor com as seis cores disponíveis da carroceria (Branco Nacré, Cinza Alumínio, Cinza Grafito, Preto Perla Nera e Azul Esmeralda).

Por dentro, a marca reforça a promessa “Be Different, Feel Good”, com um painel 100% digital, trazendo os acabamentos da tela da central multimídia em preto brilhante, à semelhança das telas de iPads e tablets. Introduzindo matérias-primas diferenciadas como na área horizontal Soft Touch, nos bancos, no volante revestido em couro biton e em toda a combinação de cores no interior.

Todas as versões contam com o Citroën Connect Radio, a Central Multimídia de 7’’ com sistema de áudio com Bluetooth desenvolvida pelo Groupe PSA. Esse equipamento agrupa todos os comandos ao alcance da mão do motorista ou de seu passageiro: sistemas de auxílio à condução, ar-condicionado e telefonia — graças à tecnologia Bluetooth (acesso à agenda telefônica e gestão dupla de chamada) – ; multimídia com a possibilidade de ouvir música armazenada no Smartphone, onde o cliente poderá reencontrar seus aplicativos por meio do Mirror Screen (função permitindo duplicar ou transferir na tela tátil a exibição de seu Smartphone compatível, funcionando com Apple CarPlayTM e Android Auto®; rádio com seis alto-falantes, equipado com AM, FM e pilotado pelos comandos no volante. O Mirror Screen conta com Android Auto e permite navegação embarcada por meio do Google Maps ou do Waze e gestão de SMS.

Ele conta com o pacote de equipamentos de segurança e auxílio à direção da categoria. Como destaque, temos: Active Safety Brake – Sistema de Frenagem Automática e Alerta de Colisão; Alerta de Saída de Faixa: ajuda a prevenir a baixa vigilância ou um simples momento de desatenção do motorista; Alerta de Atenção ao Condutor: avalia o nível de alerta do motorista, identificando mudanças de trajetória em relação às marcações de faixa; Coffee Break Alert: informa ao motorista quando é hora de uma pausa; Faróis de neblina com Cornering Light: as luzes de curva estáticas fornecem um feixe de luz adicional para iluminar o interior das curvas e melhorar a visibilidade e a segurança nos cantos e junções; Assistência em Subidas (Hill-Start Assist): a partida com assistência em subidas torna as manobras fáceis quando estacionado em aclives e  Controle de aderência (Grip Control): O Grip Control é um dispositivo que melhora a aderência do veículo, otimizando a motricidade em terrenos acidentados ou difíceis, como areia, lama ou neve.

Além das tecnologias de ajuda à condução, o Cactus oferece equipamentos de conforto, conveniência e segurança. Entre os principais, podemos destacar: Sistema Keyless; Botão Start/Stop; Sistema de áudio HIFI com espacialização Arkamys; Bluetooth e sistema hands-free; Câmera de ré; Controle e limitador de velocidade; Faróis automáticos e sensores de chuva; Espelho eletrocrômico e Detector de pressão dos pneus;

Sob o capô está duas opções de motorizações, como o THP (Turbo High Pressure) 16V Flex que gera uma potência máxima de 173 cv (com etanol) ou 166 cv (com gasolina) a 6.000 rpm e um torque máximo de 24,5 kgfm, o torque máximo já aparece a 1.400 rpm, permanecendo constante até 4.000 rpm. Associado à caixa de câmbio automática sequencial de 6 marchas (AISIN AW) (EAT6). Com esse conjunto mecânico o modelo faz de 0 a 100 km/h em 7,3 s (com etanol) e alcança uma velocidade máxima de 212 km/h.

Já o motor 120 Vti Flex Start gera 122 cv a 5.800 rpm e um torque de 16,4 kgfm a 4.000 rpm nas versões manuais, e 118 cv a 5.750 rpm e um torque máximo de 16,1 kgfm a 4.750 rpm quando equipado nas versões automáticas. Nas versões Feel e Shine, são usados pneus 205/55 R17, enquanto que nas versões Live a medida do pneu é a 205/60 R16. Todos os pneus utilizam a tecnologia “verde”, com o objetivo de diminuir o coeficiente de resistência ao rolamento (CRR) e, consequentemente, o consumo de combustível e a emissão de poluentes. Além disso, asseguram distâncias de parada reduzidas, tanto em piso seco quanto molhado.

O conjunto de direção, com assistência elétrica, também recebeu uma calibragem exclusiva e otimizada para as condições locais, levando em consideração o gosto e as necessidades dos consumidores da região. Com um diâmetro de giro de 11,07 metros, apresenta grande progressividade, suavidade e uma excelente condição em Parking.

O sistema de frenagem também foi desenvolvido para oferecer grande segurança, com distâncias reduzidas e grande equilíbrio nas paradas. O Novo SUV C4 Cactus, equipado com sistema de freios com ABS + REF, conta com discos dianteiros ventilados de 283 mm e discos traseiros sólidos de 249 mm. Também há pinças de freio com torque residual reduzido (Sleeper) para a diminuição de ruídos e melhoria do consumo de combustível.

O Novo Citroën C4 Cactus conta com um amplo pacote de equipamentos, que abrangem a segurança e conforto. São três versões no total: Live, Feel e Shine.

Confira as versões, preços e equipamentos:

  • Live 1,6 manual: bolsas infláveis frontais, central de áudio com tela de 7 pol e integração a celular, computador de bordo, controle elétrico de vidros /travas/retrovisores, fixação Isofix para cadeiras infantis, luzes diurnas de leds, rodas de 16 pol (aço), volante ajustável em altura e distância – R$ 69 mil.
  • Feel 1,6 manual: como o Live, mais alarme perimétrico, banco traseiro bipartido 60:40, câmera traseira de manobras, controlador e limitador de velocidade, controle elétrico de vidros com função um-toque para todos, faróis de neblina, rodas de alumínio de 17 pol – R$ 73.490.
  • Feel 1,6 automático: como o Feel manual, mais assistente de saída em rampa, controle eletrônico de estabilidade e tração, faróis de neblina com função para curvas, monitor de pressão dos pneus, transmissão automática de seis marchas – R$ 80 mil.
  • Feel Pack 1,6 automático: como o Feel automático, mais alarme volumétrico, ar-condicionado automático, bolsas infláveis laterais dianteiras, chave presencial para acesso e partida, faróis e limpador de para-brisa automáticos, volante de couro – R$ 85 mil.
  • Shine THP 1,6 automático: como o Feel Pack automático, mais bancos revestidos em couro, controle de tração ajustável Grip Control, freios traseiros a disco, motor turbo – R$ 95 mil.
  • Shine THP Pack 1,6 automático: como o Shine THP automático, mais alertas de saída de faixa e desatenção do motorista, bolsas infláveis de cortina, monitor frontal com frenagem automática, retrovisor interno fotocrômico – R$ 99 mil. (Garantia: três anos sem limite de quilometragem)

PRIMEIRA VOLTA

Mogi das Cruzes/SP – O C4 Cacatus é um SUV compacto da Citroën que chama a atenção quando visto de frete, as características da marca podem ser logo observadas pelos faróis e pelo duplo Chevron no centro do capô, já a traseira mostra-se um pouco tímida em relação a ousadia da dianteira, mas no geral o visual é bem radical e ousado para um SUV.

Ao entrar no Cactus é possível notar que os designers foram bem mais ousados que na parte externa, o interior é bem moderno e exibe linhas bem atuais. A posição de dirigir é fácil de achar e o volante tem uma ótima “pegada”, deixando o motorista bem à vontade. Os bancos são macios e não cansaram durante o trajeto de duas horas do test-drive oferecido pela Citroën em Mogia das Cruzes.

Na hora de acelerar que o Cactus mostra seu valor, testamos a versão mais completa Shine THP Pack 1,6 automático, que parte de R$ 99 mil e pudemos atestar as suas qualidades. O motor THP de 173 cv (com etanol) ou 166 cv (com gasolina) se mostrou muito eficiente e disposto, com uma dirigibilidade de um veículo sedan, o Cactus foi bem nas curvas, nas retomadas e nas frenagens. A suspensão é bem acertada e parece bem robusta. O interior é silencioso e não ouvi muitos barulhos externos durante o trajeto de asfalto e terra batida. O consumo foi de 9,0 km/l, mas acredito que isso pode ser melhorado com um teste mais longo. Enfim, o Cactus é um SUV que vai agradar aos apaixonados pela marca e porque não os que ainda não conhecem a Citroën, vale o teste em uma concessionária.

*Evento a convite da Citroën do Brasil

Mais...


Leia Também:
Anterior:

Próxima: