Infraero divulga oportunidade de negócio para o Centro Logístico de Uruguaiana

A Infraero publicou o edital de licitação para a concessão de área para exploração comercial e operacional do Terminal de Logística de Carga (Teca) do Aeroporto Internacional de Uruguaiana/Rubem Berta (RS). A abertura do processo ocorrerá no dia 1º de outubro, às 9h. A iniciativa faz parte do novo posicionamento estratégico da Infraero, que prevê a exploração comercial de áreas situadas em alguns de seus aeroportos para o segmento de negócios logísticos.

A concessão prevê a exploração das atividades por 300 meses (25 anos), com investimento previsto de R$ 22, 9 milhões. O centro logístico contará com uma área de 107,5 mil m², localizada dentro do Aeroporto de Uruguaiana e com acesso pela BR 290, que interliga o país ao Mercosul. O vencedor deverá arcar com eventuais adequações estruturais e futuras ampliações mediante autorização da Infraero. Caso necessário, o concessionário poderá solicitar à Receita Federal o alfandegamento da área para operação de cargas internacionais, atendendo aos requisitos legais exigidos e respeitando a capacidade operacional e segurança da aviação.

Cidade líder no ranking regional de processamento de despachos de importação e exportação no oeste do Rio Grande do Sul, tendo as capitais Buenos Aires (Argentina), Montevidéu (Uruguai), Assunção (Paraguai) e Porto Alegre equidistantes, Uruguaiana é um ponto estratégico. A cidade também possui o maior porto seco da América Latina, e é o terceiro maior município gaúcho e também da Região Sul. Nesse cenário, o Aeroporto de Uruguaiana tem excelentes oportunidades de captação de novos negócios.

A data de abertura e informações adicionais podem ser acompanhadas pelo Portal de Licitações da Infraero http://licitacao.infraero.gov.br/portal_licitacao/servlet/DetalheLicitacao?idLicitacao=140827

A Rede Teca Infraero

A rede de terminais de logística de carga da Infraero possui, em seu parque tecnológico, equipamentos de última geração e moderna e completa infraestrutura para receber os mais diversos tipos de carga e garantir que sejam movimentadas e armazenadas com agilidade e total segurança. Esses terminais contam com câmaras frigoríficas, áreas especiais para cargas valiosas, material radioativo e demais artigos perigosos. A estatal é uma das maiores operadoras de terminais aeroportuários do mundo e movimenta cerca de R$ 40 bilhões em cargas processadas por ano, com carteira de mais de 11 mil clientes.

São 19 Terminais de Logística que operam cargas, sendo que cinco deles já estão sob gestão de empresas privadas: Curitiba (PR), Goiânia (GO), Recife (PE), São José dos Campos (SP) e Vitória (ES). Dos 14 Tecas restantes, 11 já foram licitados e estão em fase de homologação e entrega documental – São Luís (MA), Belém (PA), Boa Vista (RR), João Pessoa (PB), Joinville, Navegantes (SC), Londrina, Foz do Iguaçu (PR), Macapá (AP), Manaus (AM), Petrolina (PE) e Teresina (PI).

Mais...


Leia Também:
Anterior:

Próxima: