Advogado do autor de facada em Bolsonaro diz receber ofertas anônimas de doações

Um dos quatro advogados de Adelio Bispo de Oliveira, Zanone Manuel de Oliveira Júnior diz ter recebido, entre terça (11) e quarta-feira (12), ligações e mensagens de WhatsApp de pessoas que querem contribuir com o pagamento da defesa do autor da facada em Jair Bolsonaro (PSL).

Segundo ele, são mensagens de diferentes cidades do Brasil e a maior oferta foi de R$ 5 mil. “Não recebi [nenhum valor], mas tem gente já com o dinheiro em mãos. Uma mulher disse que tem R$ 2 mil, bastava passar a conta [corrente para depósito]”, afirmou Zanone Júnior à Gazeta do Povo.

VEJA TAMBÉM: Justiça abre as portas para ‘médico de confiança’ avaliar insanidade de agressor de Bolsonaro

Segundo o advogado, as ofertas são anônimas. “É gente que não quer aparecer, mas quer ajudar”, diz. Os ‘voluntários’ teriam feito ofertas que variam entre R$ 200, R$ 500, R$ 1 mil e, a maior delas, de R$ 5 mil. O caso, inclusive, será um dos temas da pauta da próxima reunião de defesa, que deve ocorrer em Belo Horizonte, nesta quinta-feira (13).

Crowdfunding para Adelio Bispo

Na internet, já houve a criação de crowdfundings(vaquinhas virtuais) para Adelio Bispo com o objetivo de custodiar a defesa do agressor de Bolsonaro. Uma das páginas foi criada no dia do crime, 6 de outubro, e já foi retirada do ar pelo site “vakinha.com.br”.

Pelo menos 12 páginas foram criadas. Em uma delas, o objetivo de arrecadação era de R$ 30 mil. Outra aceitava até o pagamento em bitcoins (moeda virtual) e cartão de crédito. Todas estão sendo tiradas do ar, mas permanecem indexadas nos resultados do Google (veja imagem abaixo).

O custo estimado de uma causa deste porte ficaria entre R$ 200 e R$ 300 mil, segundo Zanone Júnior.

Ameaças aos advogados

Além de mensagens de apoio financeiro, Zanone Júnior admite que também vem recebendo ameaças por atuar na defesa do autor da facada em Bolsonaro. As ameaças, inclusive, são um dos motivos para a manutenção do anonimato sobre quem é o ‘fiador’ da equipe de advogados.

DESEJOS PARA O BRASIL:  Respeitar a família e defender a vida em todas as fases

“A pessoa que me contratou [conhece Adelio Bispo] através de religião. Está com receio, com medo de ser descoberta. Até porque se descobrirem vão apedrejar a casa”, diz o advogado, que afirma ter sido o primeiro advogado contatado pela pessoa para apoiar na defesa.

O advogado avalia que as mensagens mostram que a sociedade não compreende a função de um advogado. “Essas manifestações que estamos recebendo mostram que a sociedade não entende o papel do advogado criminalista. Só entende quando alguém da família erra”.

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2018/09/13/Republica/Imagens/Vivo/vaquinhas-adelio-bispo.jpgVaquinhas para ajudar agressor de Bolsonaro estão sendo excluídas de site, mas permanecem indexadas no GoogleReprodução Google

Mais na Gazeta do Povo!

Mais...


Leia Também:
Anterior:

Próxima: