Bolsonaro evolui bem após nova cirurgia, mas volta para a UTI

O Hospital Albert Einstein informou na manhã desta quinta-feira (13) que o candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL) evoluiu bem após a cirurgia de urgência realizada na noite de quinta-feira (13), mas teve que retornar para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Segundo o boletim médico, o procedimento durou duas horas e o deputado “evoluiu bem após a cirurgia, sem intercorrências e encontra-se na Unidade de Terapia Intensiva”.

A nova cirurgia foi realizada após os médicos constatarem, através de tomografia, uma obstrução intestinal na tarde de terça-feira (12). “Com este diagnóstico, o paciente foi levado para a cirurgia de urgência onde foram desfeitas as aderências do intestino e liberado o ponto de obstrução.”

LEIA TAMBÉM: Lula fora da disputa e Bolsonaro no hospital, uma nova eleição vai começar?

O boletim diz ainda que foi constatada uma secreção intestinal durante a cirurgia, mas que isso é normal em casos de traumas abdominais e que foi feita a limpeza da região.

“Além disso, constatou-se um extravasamento de secreção entérica (secreção intestinal) a montante do ponto de obstrução em uma das suturas realizadas anteriormente para correção dos ferimentos intestinais. Em grandes traumas abdominais esta complicação é mais frequente do que em cirurgias programadas. A limpeza abdominal foi realizada como feito rotineiramente.”

Bolsonaro havia voltado a se alimentar por via oral e tinha sido transferido para a unidade de cuidados semi-intensivos. Agora, voltou para a UTI e a se alimentar por via venosa.

Mais na Gazeta do Povo!

Mais...


Leia Também:
Anterior:

Próxima: