O Brasil tem jeito: Superior Tribunal Militar dá exemplo de gestão das contas públicas

Bom dia!

Em janeiro deste ano, o jornalista Lúcio Vaz publicou um levantamento mostrando que os gastos do Superior Tribunal Militar (STM) somaram R$ 554 mil em diárias e passagens no ano de 2017. Um novo levantamento, com dados até julho deste ano, mostra que o tribunal não pagou diária para os ministros e tinha gastado apenas R$ 14 mil em passagens. 

A redução foi drástica. Um exemplo para outras autoridades públicas, que são pródigas em arrumar desculpas na hora de justificar a má gestão dos recursos públicos. Aliás, em nota, o ministro presidente do STM, José Coêlho Ferreira, lembrou, citando Margaret Tatcher, que não existem recursos públicos, “mas recursos privados que os cidadãos, por meio dos impostos, entregam ao Estado”. Será assim tão difícil compreender isso? Fica a dica para todas as autoridades brasileiras. 

Tendências

Pesquisa BTG/FSB, feita por telefone entre 15 e 16 de setembro e divulgada ontem (17), mostra crescimento das intenções de voto de Jair Bolsonaro (PSL) para 33% e de Fernando Haddad (PT) para 16%, empatado com Ciro Gomes (PDT), que também tem 16%. Geraldo Alckmin (PSDB) tem 6% e Marina Silva (Rede), 5%. Confira todos os números, a metodologia e o registro aqui. As pesquisas do FSB têm apontado tendências depois captadas pelos institutos de pesquisa mais tradicionais. Confira, em vídeo, a análise de Ricardo Amorim e fique atento: hoje (18) o Ibope divulga novos números.

Esperança

Se você tem acompanhado as sondagens eleitorais, em algum momento deve ter ouvido falar na fidelidade do eleitor de Bolsonaro, uma característica que as sondagens têm mostrado. Por que eles são tão fiéis? A Gazeta do Povo dá voz a três desses eleitores, muito diferentes entre si.

Pose

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, respondeu às suspeitas que Bolsonaro levantou sobre as urnas eletrônicas, afirmando que são “totalmente confiáveis” e que “geralmente” os derrotados na eleição reclamam do sistema. Mas Toffoli errou ao ironizar a desconfiança: “Tem gente que acredita em Saci Pererê”. Em momentos de crise de confiança nas instituições, a última coisa de que os brasileiros precisam é das autoridades fazendo pose de superioridade. 

Fominha

Ainda falando em Bolsonaro, o candidato lidera os pedidos de retirada de conteúdo na internet. A legislação permite a retirada, mas o tema levanta discussões sobre os limites da liberdade de expressão.

Piada

A campanha do PT não se decide entre ser um circo ou um trem fantasma. Condenado a 34 anos e 6 meses de prisão, José Dirceu está fazendo caravanas pelo país e negociando apoio do MDB – isto mesmo, o partido “golpista” – para o segundo turno, caso o PT chegue lá. Já Gleisi Hoffmann, presidente do partido e candidata a deputada federal pelo Paraná, resolveu bancar  a futuróloga e afirmou não só que Lula será solto, mas que terá cargo em eventual governo de Fernando Haddad.

Enquanto isso,  o candidato se equilibra como pode e fala em união das esquerdas e em conversa com o “campo democrático popular”. E Marcio Pochmann tenta dar os primeiros sinais positivos ao mercado financeiro e a empresários

Companheira

Cruzando a fronteira… Quem começa a se enrolar é a ex-presidente da Argentina, Cristina Kirchner, que hoje é senadora. O juiz que investiga os “cadernos da corrupção”, a Lava Jato argentina, pediu a prisão preventiva de Cristina, mas a medida precisa ser aprovada pelo Senado.

Democracia

Pedro Menezes, colunista da Gazeta do Povo, leu “Como a Democracia Morre”, o livro do momento, de autoria de Steven Levitsky e Daniel Ziblatt, e escreve um alerta sobre as tendências autoritárias à esquerda e à direita:

Para os autores, as democracias começam a morrer quando negligenciamos as regras informais que as sustentam. Duas são especialmente importantes: tolerância e autocontenção. Os agentes políticos devem respeitar seus adversários como competidores legítimos e utilizar suas ferramentas institucionais com cautela.

Nome não basta

De Cabo Daciolo (Patriota) a General Mourão (PRTB): nada menos que 535 candidatos incluem suas patentes no nome de urna, número 12 vezes maior que em 1994. Já entre os “professores”, são 1.092 nomes de urna, número 17% maior que em 2014.

Piscina cheia de ratos

No editorial de hoje, a Gazeta do Povo comenta uma ideia obtusa que sempre aparece em momentos eleitorais, às vezes sob o cordeiro disfarce de “auditoria cidadã da dívida”:

É sempre necessário deixar claro que calote na dívida pública não significa golpe contra banqueiros, mas contra os milhões de brasileiros que emprestaram seus recursos ao governo. É muito simples: basta somar o capital próprio em giro de todos os bancos do país e ver o quanto representa dos R$ 4,85 trilhões de dívida pública bruta. Bancos são instituições que fazem a intermediação de capital entre depositantes e tomadores de empréstimos. Do total de empréstimos feitos por um banco, menos de 10% vêm do capital próprio do banqueiro, ou seja, mais de 90% vêm de depósitos da pessoas físicas e pessoas jurídicas.

Inspiração

Não consegue manter a rotina de exercícios? Isadora Rupp (Viver Bem) recomenda: “Fazer exercícios físicos sem a mentalidade punitiva, na busca por um corpo perfeito ou de cumprir algum objetivo é possível: é o que provam essas mulheres que, em diferentes tipos de danças, adotaram a atividade para a vida, aprenderam aceitar seus corpos e aumentaram a autoestima.

Novidade

Gosta de cerveja? Andrea Torrente (Bom Gourmet) sugere: “A Skol acaba de lançar uma cerveja puro malte com lúpulos importados. Ao mesmo tempo, a cervejaria argentina Patagonia também chegou ao mercado brasileiro com uma versão em lata da sua Amber Lager.” 

Volta ao mundo em 1 minuto

A intolerância da religião comunista chinesa. Vandré Kramer (Mundo) escreve:

Lista. Teodoro Obiang Mangue, mais conhecido como Teodorin e filho do ditador da Guiné Equatorial, pode colocar mais um país à lista de onde é processado: o Brasil. Na sexta, a Polícia Federal encontrou US$ 16 milhões em dinheiro e relógios de luxo em seu avião, em Campinas. A embaixada do país disse que a fiscalização resultou de um desacerto entre o Itamaraty e a Receita Federal. Os dois órgãos negam. 

Pressão. Em um movimento para restringir a prática do islamismo e manter um controle estrito no Oeste do país, a China vem prendendo muçulmanos em campos de reeducação

Alternativa. Mais um capítulo da crise sem fim que assola a Venezuela: para tentar sobreviver à crise, restaurantes aumentam os preços duas vezes por mês para poderem se manter. Até o pacote econômico do ditador Nicolás Maduro, era só uma vez.” 

E o futebol paranaense dá um exemplo ao mundo: o Atlético-PR preparou uma tonelada de mantimentos básicos para levar na viagem para Caracas, na Venezuela, para o confronto de oitavas de final da Copa Sul-americana. E André Pugliese, do Blog Arquibancada Virtual, conversou com o jornalista venezuelano Gregorio Rojas sobre a situação dramática no país. Confira em texto e em áudios, nos quais Rojas tenta falar português.

Foto do dia:

Paraná

O tsunami Garcia continua. Sandro Gabardo (Política Paraná) escreve: 

Sem filtros. Candidato ao governo do Paraná pelo PT, Dr. Rosinha fechou a série de sabatinas da Gazeta do Povo com os principais concorrentes ao Palácio Iguaçu nesta segunda-feira (17). Falou de Lula e do peso do partido, entre outras coisas. Acompanhe o vídeo com os melhores momentos ou veja a entrevista completa.

Implosão. Tony Garcia, principal delator da Operação Rádio Patrulha, que envolve o ex-governador Beto Richa e pessoas ligadas a ele, segue nos holofotes. Ele disse que o deputado Valdir Rossoni pediu dinheiro para votar em Cunha, recebeu exigência judicial para entregar os gravadores usados para gravar as conversas da delação e mereceu uma comparação, do jornalista Rogério Galindo, com Roberto Jefferson, o pivô do escândalo do Mensalão, em 2005. Confira essas histórias. 

Tá fácil, não. Beto Richa (PSDB) saiu da prisão e tenta retomar a campanha para o Senado. Não está sendo fácil. Cida Borghetti (PP) exigiu que ele renuncie e a coligação pediu a retirada de sua candidatura, que teve vídeo no horário político – usado para sua defesa das acusações – cortado sem dó pela metade. Seu registro ainda não foi confirmado pelo TRE

Expectativa. Na Operação Rádio Patrulha, o depoimento da vez pelo Ministério Público foi de Joel Malucelli. O empresário estava na Itália e, quando voltou, ficou apenas horas preso antes de ser libertado, por isso acabou não tendo sido ouvido pelo Gaeco. Malucelli negou ter pagado propina, mas falou sobre a licitação. Já o contador de Beto Richa e sócio da família, Dirceu Ferreira havia sido indicado a cargo importante no Elejor em 2017, mas foi destituído nesta segunda-feira, em meio às denúncias que pesam contra ele na Rádio Patrulha. Na Lava Jato, que manteve dois aliados de Richa presos, o empresário Jorge Atherino foi à Justiça questionar a competência de Moro para determinar sua prisão.” 

Curitiba

Novidades e muitas coisas para fazer na capital. Confira a seleção dos nossos editores:

Vem aí. Fernanda Leitóles (Curitiba) recomenda: “Uma nova rede de supermercados vai inaugurar a primeira loja em Curitiba nesta semana. Trata-se do Assaí Atacadão, do Grupo Pão de Açúcar.”

Não perca. Aléxia Saraiva (Guia) recomenda: “Qual foi a última vez que você visitou um museu? A 18ª Primavera dos Museus traz a sete estabelecimentos de Curitiba uma programação especial para fazer a arte ser vista. Confira os destaques do Museu do Olho e agende sua visita!” 

Balanço. Fernanda Leitóles (Curitiba) sugere: “Com a fama de ser referência em transporte público, Curitiba testou diversas ideias nos ônibus nos últimos anos. Nem todas, porém, foram de fato implantadas. Wi-fi, bagageiro, porta-bike… Confira o que vingou e o que não deu certo.” 

Ícone. Sharon Abdalla (Haus) recomenda: “Nove meses após o incêndio que atingiu um dos símbolos do art nouveau em Curitiba, a prefeitura lançou o edital para licitar as obras de restauro e revitalização do Palácio Belvedere. O início das obras está previsto ainda para 2018 e, após a conclusão delas, o espaço passará a abrigar um café.” 

Aproveite! Isadora Rupp (Viver Bem) recomenda: “Falta menos de um mês para o próximo feriado — fica a dica para quem não se programou: resorts perto de Curitiba que ainda têm vagas para 12 de outubro. Os espaços também terão atividades voltadas para o dia da criança.”

Um ótimo dia a todos!

Mais na Gazeta do Povo!

Mais...


Leia Também:
Anterior:

Próxima: