Nem Bolsonaro nem Haddad vai resolver (sozinho) o problema da segurança pública no Brasil

Bom dia!

Os planos de governo de Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) dedicam espaço a propostas para a segurança pública no Brasil. Não poderia ser diferente: essa é uma das maiores falências da democracia no país e um fantasma na vida dos brasileiros. Mas, sozinho, nem um nem outro vai conseguir resolver os problemas da área. O próximo presidente vai desempenhar um papel crucial na articulação de esforços, mas Fernanda Trisotto mostra por que são necessárias ações intersetoriais, com diferentes atores, do governo à sociedade, para resolver o problema da violência

Vento em popa

Um olhar mais cuidadoso sobre os números da pesquisa Ibope divulgada na segunda-feira (24) mostra que Bolsonaro caiu bastante na região Sul, mas cresceu tanto quanto na intenção de votos dos eleitores que rejeitam o PT. Esse último dado reforça a tendência à polarização – e Guido Orgis, colunista da Gazeta do Povo, escreve sobre como o que chama de “centro reformista” sente falta de Luciano Huck:

O cenário eleitoral pode mudar muito na última semana, quando se cristalizam as decisões de voto, mas é certo que FHC já se arrepende de não ter levado adiante o Plano Huck. Seria muito mais palatável como alternativa de união nacional do que um ex-governador que não convence o eleitorado em seu próprio estado. A dúvida agora é se Guedes terá o mesmo destino. E isso poderá ocorrer de duas formas: com Bolsonaro perdendo no segundo turno, ou com ele vencendo com o sacrifício de seu assessor econômico. Afinal, como ficou claro na última semana, o casamento entre os dois não é indissolúvel.

Cui bono?

Aliás, o PT tem apostado justamente nessa polarização. Débora Álvares conversou  com petistas graúdos e listou cinco estratégias do partido para esta reta final. Uma delas é reforçar o tom de “desconfiança” contra o candidato do PSL e se aproximar dos demais adversários em um eventual segundo turno.

Democracia

Esse cenário incendiário ligou a luz de alerta para muitos analistas que veem os riscos de o Brasil se aproximar de uma autocracia. Hoje, quem escreve sobre o tema é o colunista Márcio Coimbra:

É preciso entender que democracia é muito mais do que eleições livres. O sufrágio é apenas o corolário da soma de uma série de princípios e liberdades, que passam pela transparência da administração pública, judiciário independente, exercício da cidadania, separação de poderes e garantia de direitos individuais.

Tempo fechado

O clima de todos contra todos não poupa ninguém. A Polícia Federal encerrou o primeiro inquérito sobre o atentado contra Bolsonaro, mas promete uma verdadeira devassa na vida de Adélio Bispo em uma segunda investigação.  Já uma das administradoras do grupo de Facebook Mulheres Unidas Contra Bolsonaro foi agredida por dois homens ainda não identificados quando chegava em casa , no Rio de Janeiro.

Telhado de vidro

Mas quem poderia imaginar? O colunista Pedro Nery fez um levantamento e mostrou que, no Psol, os homens ganham o dobro que as mulheres. O partido não resistira à sanha da “lista suja do machismo”, que o candidato à Presidência Guilherme Boulos vive papagaiando nos debates. Mas a coluna não é só uma denúncia: Pedro também explica toda a complexidade por trás da discussão salarial.

Deixa eu

João Amoêdo, candidato a presidente pelo Partido Novo, quer chegar a 6% no próximo Datafolha. O motivo? Participar do derradeiro debate no primeiro turno das eleições, na Globo, no dia 04 de outubro. Enquanto isso, Cabo Daciolo (Patriota), que desceu do monte esperando participar de todos os debates nessa reta final, deve ficar de fora do da Globo. O partido promete recorrer à Justiça.

Prenda a respiração

O TRF-4 recebeu relatório da Polícia Federal com as provas da delação do ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci. Vem bomba aí?

Presentão

No editorial de hoje, a Gazeta do Povo comenta a intenção anunciada pelo presidente Michel Temer (MDB) de votar a Reforma da Previdência ainda este ano, depois de passadas as eleições:

Um sucessor reformista haverá de se beneficiar caso assuma a Presidência já com a reforma realizada, pois não precisará queimar capital político logo de início, ganhando margem de manobra para se dedicar a outras reformas importantes que também precisam de aprovação no Congresso, como a tributária. Mas até mesmo um presidente de esquerda, que durante a campanha tenha feito discurso contrário às reformas, teria motivos para agradecer a Temer.

Caneta

O Supremo Tribunal Federal (STF) determinou ontem a execução imediata da pena de quatro anos e meio de prisão, em regime inicial semiaberto, do senador Acir Gurgacz (PDT-RO) e alterou a decisão liminar do ministro Gilmar Mendes, que tinha mandado soltar Paulo Preto, o “homem-bomba” do PSDB.

Primeira infância

No Bom Dia de ontem, destacamos os desafios diante da valorização da primeira infância (0 a 6 anos no Brasil). Mas há programas voltados para essa faixa etária que começam a dar resultados nos estados de Pernambuco, Rio Grande do Sul e Ceará.

Sua casa 

Enjoou? Luan Galani (Haus) recomenda: “7 projetos com móveis planejados para transformar qualquer ambiente da casa. Inspire-se!” 

Suas férias

Falta grana? Isadora Rupp (Viver Bem) recomenda: “Tem como viajar o ano todo pagando pouco? Parece um sonho, mas a resposta é sim: levantamento da plataforma booking elencou os destinos mais baratos do mundo mês a mês. Dependendo da cidade, a economia chega a 67%!” 

Seu almoço

Quer uma ideia? Andrea Torrente (Bom Gourmet) recomenda: “Quibe de abóbora com recheio de requeijão é a sugestão para quem busca uma receita fácil e saborosa. Confira o passo a passo em vídeo!” 

Volta ao mundo em 1 minuto

Você não vai resistir à fofura da imagem do dia! Vandré Kramer (Mundo) escreve:

Problemas. A vida não está nada fácil para o presidente argentino Mauricio Macri. Bem perto de assinar um acordo com o FMI para tentar conter a grave crise, ele teve uma importante baixa em sua equipe econômica devido a disputas internas. E não bastasse isso, teve de enfrentar ontem a forte oposição dos sindicatos, que pararam o país. 

Mais problemas. Quem viu a sua situação se complicar um pouquinho mais foi o ditador venezuelano Nicolás Maduro. A mulher dele e seus aliados se tornaram alvo de novas sanções por parte dos EUA. E países sul-americanos irão denunciá-lo ao Tribunal Penal Internacional por crimes contra a humanidade

Falta de liberdade. Você acha que a China é boazinha? A Gazeta do Povo elencou algumas barbaridades cometidas pelo país asiático: campos de reeducação, perseguição a minorias étnicas e religiosas e censura e vigilância de seus cidadãos.” 

 Imagem do dia:

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2018/09/26/Opiniao/Imagens/Cortadas/000_19E3K2-ID000002-1200x800@GP-Web.jpgE direto das Nações Unidas: uma das pessoas mais paparicadas na Assembleia Geral das Nações Unidos foi o bebê Neve Te Aroha Ardern Gayford, de três meses, filho da primeira-ministra neozelandesa, Jacinda Arden.DON EMMERTAFP

Paraná

Estamos esquecendo os idosos. Sandro Gabardo (Política Paraná) escreve:

Denúncia. O ex-governador Beto Richa e outras 12 pessoas, incluindo seu irmão Pepe, foram denunciados pelo Ministério Público por corrupção e fraude a licitação. A medida foi anunciada nesta terça-feira (25) como fruto da Operação Rádio Patrulha, que investiga irregularidade na licitação do programa Patrulha do Campo. Dos 15 presos temporariamente pelo Gaeco no início da ação, apenas Fernanda Richa e o contador da família, Dirceu Pupo, não foram incluídos na denúncia.

Eleições. A Gazeta do Povo entrevistou na edição de ontem do programa Fato do Dia a candidata a vice na chapa de João Arruda (MDB) para o governo do Paraná. Confira como foi o bate-papo! Já Ratinho Junior (PSD) fez campanha em Araucária e pediu um esforço extra dos eleitores para vencer a disputa ainda no primeiro turno.

Preocupante. Os dados mais recentes do Ministério da Saúde mostram que o Paraná teve 243 mortes por fome em 2016 – a maioria de idosos. Reportagem feita em parceria com o Livre.jor mostra que, se o país vem avançando no combate à desnutrição infantil, por outro lado tem esquecido de oferecer a mesma atenção à terceira idade.”

Futebol. No mundo esportivo, o Paraná reelegeu seu presidente por aclamação, dirigente e ex-dirigente do Coxa tentam acalmar os ânimos, e o Atlético foi condenado pelo STJD por transmissão irregular na internet. 

Curitiba

Na capital, uma ideia da Uber preocupa os passageiros. Confira a seleção dos nossos editores:

Ihhhh. Durval Ramos (Curitiba) indica: “A Uber está testando uma nova ferramenta em Curitiba. A ideia é que os motoristas saibam o destino final da viagem já ao aceitar uma corrida. A ideia, segundo a empresa, é dar mais transparência e segurança. No entanto, os passageiros temem que, com a novidade, fique mais difícil encontrar corridas para a Região Metropolitana ou que haja um aumento no número de viagens canceladas para essas cidades.” 

Anote. Aléxia Saraiva (Guia) escreve: “O espetáculo ‘Daqui até a eternidade’ promete fazer ‘reviver’ Cazuza através da interpretação do músico André Juan. A apresentação única no Guairinha vai passar pelos maiores sucessos da carreira do cantor. Não perca!” 

Quero. Andrea Torrente (Bom Gourmet) indica: “O paraíso do brigadeiro existe e fica no Sítio Cercado! Conheça a doceria que tem 100 sabores do tradicional docinho!”  

Repaginado. Luan Galani (Haus) recomenda: “Mercado Municipal de Curitiba vai ficar de ‘cara nova’. Até metade de outubro a fachada do espaço na Rua General Carneiro vai ganhar brises, cores chamativas e pinhões estilizados.” 

Segue lá. Isadora Rupp (Viver Bem) recomenda: “A Fiep (Federação das Indústrias do Paraná) realiza hoje no seu centro de eventos em Curitiba o segundo dia de desfiles e eventos da 4ª edição do ID Fashion. O Viver Bem fará a cobertura ao vivo dos desfiles a partir das 17 horas pelo Instagram @gpviverbem. Siga-nos e acompanhe!

Um bom dia a todos!

Mais na Gazeta do Povo!

Mais...


Leia Também:
Anterior:

Próxima: