Um país dividido. E mais: um segundo turno de rejeitados

As pesquisas de intenção de voto apontam para um país dividido nas urnas. Fernando Haddad (PT) domina o Nordeste, enquanto Jair Bolsonaro (PSL) lidera nas demais regiões – mas muito longe de ganhar a disputa no primeiro turno.

Se esses dois forem para o segundo turno, será um dos “menores” da história, senão o menor. De 1994 para cá, nunca o líder das pesquisas teve tão pouca intenção de voto a duas semanas do primeiro turno. E nunca teve rejeição tão alta.

Nessa mesma comparação, o segundo colocado só teve menos intenção de voto a essa altura da campanha em 2002. E só foi mais rejeitado em 1994.

Mais na Gazeta do Povo!



Leia Também:
Anterior:

Próxima: