Bolsonaro aciona Justiça contra Editora Abril por processo que envolve a ex-mulher

O candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, afirmou ter encaminhado ao Procurador Geral de Justiça do Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) uma notícia-crime contra a revista Veja, da Editora Abril.

A revista publicou nesta semana reportagem afirmando que Ana Cristina Siqueira Valle, ex-mulher de Bolsonaro, o acusa de furtar um cofre de banco, ocultar patrimônio, receber pagamentos não declarados e agir com “desmedida agressividade”. As informações constam em um processo de mais de 500 páginas, que corre em segredo de justiça, e ao qual a Veja diz ter tido acesso.

“Acabamos de despachar uma notícia-crime contra a Editora Abril, pela questão do segredo de justiça”, disse Bolsonaro, em um vídeo publicado na tarde desta sexta-feira, 27, nas redes sociais.

LEIA MAIS: ‘Não aceito resultado diferente da minha eleição’, diz Bolsonaro na TV

O candidato afirmou que a revista “perdeu toda a noção do limite do possível” ao abordar um processo de cerca de dez anos atrás, envolvendo, inclusive, seu filho, então menor de idade. “O objetivo foi tentar me desconstruir”, apontou.

Ela ainda cita que a ex-mulher, de cabeça quente, disse coisas que não eram verídicas. E reclamou que a revista não levou em consideração as alegações de Bolsonaro na ocasião. No vídeo, porém, Bolsonaro não negou diretamente as acusações feitas pela ex-mulher. “Eu respondo qualquer uma das acusações sem problema nenhum, no momento oportuno”, afirmou.

Mais na Gazeta do Povo!

Mais...


Leia Também:
Anterior:

Próxima: