Lucro da Usiminas supera R$ 260 milhões no trimestre; receita sobe 41%

A Usiminas registrou crescimento de 243% no lucro líquido atribuído aos controladores no terceiro trimestre, para R$ 263,9 milhões, na comparação anual. O lucro consolidado subiu 280% no período, para R$ 289 milhões, acima da média de R$ 135 milhões apontada por XP, Bradesco BBI, Morgan Stanley, Santander e Safra.

A receita da companhia avançou 41,1% de julho a setembro, para R$ 3,86 bilhões, na comparação anual. O resultado ficou melhor do que os R$ 3,53 bilhões esperados por XP, Bradesco, Itaú BBA, Morgan Stanley e Safra.

O lucro antes juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) totalizou R$ 686 milhões no período, crescimento de 55%. O Ebitda ajustado encerrou o trimestre em R$ 703 milhões, aumentando 55% e acima do estimado pelo mercado.

A companhia atribuiu o desempenho aos maiores preços e volumes de aço no mercado doméstico e maiores preços na exportação, além do crescimento nos volumes de minério de ferro.

As vendas de aço em volume subiram 9% no trimestre, para 1,11 milhão de toneladas, maior patamar desde o quatro trimestre de 2015, segundo a companhia.

As vendas de minério de somaram 1,77 milhão de toneladas no período, alta de 95%.

No fim de setembro, a dívida líquida da Usiminas estava em R$ 4,21 bilhões, queda de 11% ante o trimestre anterior e também na comparação anual.

O custo de produto vendido no trimestre diminuiu 35%, para R$ 3,22 bilhões. Já a despesa financeira líquida encerrou o trimestre em R$ 134,4 milhões, elevação de 107%.

Fonte: Valor Econômico
Data: 26/10/2018

Mais...


Leia Também:
Anterior:

Próxima: