WTM18: Drones tripulados, indústria automotiva e o futuro do mercado de trabalho

Agenda de debates marcou o segundo dia do maior evento de mobilidade urbana do mundo

O segundo dia da WTM18 – Welcome Tomorrow Mobility Conference – foi marcado por palestras e painéis que discutiram sobre o futuro da mobilidade, abordando desde logística até o mercado de trabalho.

Com o objetivo de falar sobre soluções para o transporte urbano, Clement Monnet, COO de inovação da empresa Voom Flight, que utiliza helicópteros para vencer os problemas de trafego em cidades populosas, apresentou no painel O futuro chega voando – drones tripulados e novo domínio do espaço. A companhia iniciou suas atividades no Brasil em 2017, na cidade de São Paulo, para suprir a necessidade de um transporte rápido e eficaz. “A ideia era criar um novo mercado de mobilidade aérea, e com essa plataforma on demand estamos construindo o futuro” afirmar Clement.

Em um painel mediado por Flávio Tavares (CMO da Golsat e idealizador da WTM18), questões como evolução no ambiente de trabalho e otimização do tempo foram discutidas pelos profissionais Fábio Coelho (Diretor executivo da Google), Fábio Teixeira (Diretor da WeWork), Emília Chagas (CEO da Contetools) e Marco Zolet (Fundador e CEO do Supermercado Now). A busca por conveniência aliada às novas tecnologias, que permite maior flexibilidade na rotina de trabalho dos funcionários, foram o foco do debate. Quando questionado sobre o motivo do crescimento dos modelos baseados no conceito anywhere works, Lucas Teixeira destaca a importância do ambiente de trabalho, e afirma que “o ambiente tem que ser um lugar onde você quer ir. Isso aumenta a produtividade”.

Fábio Coelho também explicou que o ambiente está ligado diretamente com a produtividade. Segundo o especialista, “é imprescindível equilibrar a relação de tempo como faz um atleta de alta performance, variando entre sprints de trabalho e pausas para recuperação” declarou o executivo.

Já a palestra O Novo Código da Cultura – Transformação Organizacional na Gestão do Amanhã, ministrada por José Salibi, trouxe a discussão do velho modelo de negócios. “As escolas de negócios hoje estão defasadas, com o olhar no passado. Por isso as startups têm crescido tanto. O negócio digital é realidade, não mais o físico”, afirmou CKO da HSM.

Durante o painel Inovação para a Indústria Automotiva, Henrique Miranda (BMW), incentivou o uso da mobilidade elétrica “Quem tem um carro elétrico não volta a comprar um carro convencional”. Já Luciano Driemeier (Ford), acredita que o futuro será autônomo e na união de gigantes com as stratups “mobilidade, liberdade e redução de custos. Vejo com bons olhos a aproximação entre as multinacionais e startups, tem sido bom para ambos os lados e é a tendência da próxima década”.

O WTM18 acontece no WTC, em São Paulo, e vai até o dia 31 de outubro. Saiba mais em:www.wtmconference.com.br

Mais...


Leia Também:
Anterior:

Próxima: