Volkswagen começará testes do ônibus híbrido E-Flex no Brasil em seis meses

Volkswagen Caminhões e Ônibus começará testes do ônibus híbrido E-Flex no Brasil, possivelmente em São Paulo, em seis meses; entenda.

A cada dia vemos mais iniciativas de desenvolvimento de veículos 100% elétricos ou híbridos aqui no Brasil. São carros que funcionam com dois motores, um motor a combustão e outro motor elétrico. Sabemos que o veículo 100% elétrico possui algumas limitações de autonomia e tempo de recarga, que pode durar algumas horas, portanto ideal para trajetos curtos. Agora, quanto ao carro híbrido, parece que resolveu esta questão. Ou seja, o próprio motor a combustão é capaz de reabastecer as baterias. Esse motor só entra em funcionamento quando as baterias descarregam ou quando o carro alcança velocidades maiores, e ainda trabalhando em conjunto os dois motores além de proporcionarem economia excepcional, ainda aumentam significativamente a potência do veículo. 😉🌱

Neste contexto, a Volkswagen Caminhões e Ônibus começará dentro de seis meses os testes com um modelo de ônibus híbrido brasileiro. De acordo com informações da empresa, o ônibus batizado de E-Flex, iniciará suas atividades possivelmente em São Paulo.

Volkswagen E-Flex. (Foto divulgação)

O anúncio foi feito pelo presidente da montadora alemã, Roberto Cortes. E-Flex pesará cerca de 17 toneladas. A brasileira Weg foi confirmada como a principal fornecedora do motor elétrico híbrido que será utilizado pelo ônibus, e poderá ser abastecido com múltiplos combustíveis.

No entanto, o E-Flex não pode ser considerado uma ‘grande novidade’ aqui no Brasil, apesar de ser um dos primeiros veículos nacionais desta natureza desenvolvido pela Volkswagen, pois já existem modelos em circulação no país de outras empresas, como a Volvo. Basicamente trata-se de um ônibus que conta com dois motores, sendo um a diesel e outro elétrico. Assim, ele conta com os benefícios de ambas as tecnologias, o que o torna mais sustentável e aumenta sua dinâmica. Nos modelos que já foram testados no Brasil, no momento em que o motorista dá a partida, os dois motores são ligados. Quando o ônibus para, automaticamente desliga-se o motor a diesel e o elétrico assume a operação por completo. A Volvo testou seu primeiro modelo de ônibus elétrico híbrido no Brasil em Curitiba (PR). 🌱👉🚌

Voltando a falar da Volkswagen…

A companhia alemã também mantém um acordo com a Ambev, e estes concluíram uma fase de testes do primeiro caminhão elétrico e-Delivery para transporte de bebidas. Assim como o E-Flex, o e-Delivery é produzido pela Weg. Pesando 13 toneladas com a carga completa, o caminhão 100% elétrico percorreu em 30 dias mais de 900 quilômetros em rotas mais comuns de entrega e distribuição da cervejaria na cidade de São Paulo, com redução de 0,7 tonelada nas emissões de CO2. Segundo o diretor de sustentabilidade e suprimentos da Ambev, Guilherme Gaia, foram feitas 369 entregas com o e-Delivery, o equivalente a quase 6 mil caixas ou 150 toneladas de produtos, incluindo cervejas e refrigerantes.

Esta parceria foi anunciada em agosto e prevê o uso de pelo menos 1.600 caminhões elétricos até 2023, de modo que 35% da frota que atende a Ambev seja composta por veículos movidos a energia limpa. A parceria faz parte dos esforços da Ambev para desenvolver práticas sustentáveis de negócios. Só nos últimos cinco anos, a fabricante de bebidas investiu cerca de 1 bilhão de reais em projetos de sustentabilidade – afirmou Gaia, em evento na capital paulista.

Bom, qual a lição que tiramos de tudo isso? No geral, tecnologia para produzir carros híbridos e/ou elétricos todas as fabricantes de automóveis têm. Porém, umas estão mais avançadas do que as outras. É certo que o mercado brasileiro tem e sempre terá um potencial gigantesco para a indústria automobilística e, a cada ano cresce mais e mais.

Podemos dizer também que o mercado de veículos com energia limpa no Brasil está de vento em polpa! Ah… Deve ser muito bom dirigir um veículo elétrico, afinal, ainda é melhor para o mundo do que a queima de gasolina. #FicaaDica

#AutoPeçasMolina é informação! 😉

Mais...


Leia Também:
Anterior:

Próxima: