Metrô abre propostas para obras da Estação Jardim Colonial

Previsto inicialmente para setembro, a sessão pública de recebimento das propostas das obras civis da Estação Jardim Colonial do monotrilho da Linha 15 prata foi adiada e ocorreram semana passada, dia 30 de novembro.
O objeto completo do edital é: execução das obras civis da Estação Jardim Colonial e implantação de paisagismo, iluminação, ciclovias e adequação do sistema viário no trecho compreendido entre as Estações São Mateus e Jardim Colonial do empreendimento da Linha 15 Prata.
Nada menos do que 26 empresas e/ou consórcios participaram da sessão pública, inclusive a Azevedo & Travassos que recentemente teve seu contrato rescindido nas obras do trecho da Estação Jardim Planalto até São Mateus.
Essa sessão se limitava ao recebimento das propostas e documentos de habilitação, portanto toda documentação das empresas serão analisadas para habilita-las, ou não, no processo licitatório.

Proponentes
Os 3 menores valores. Mas como ainda tem o processo de habilitação, não necessariamente a primeira proposta será a ganhadora.
1. Somague Engenharia
2. Consórcio Trail-ARVEK-Planova
3. TIISA

Processo licitatório Vejam de forma resumida o passo-a-passo do processo licitatório.
1. Publicação do edital
2. Impugnação e/ou esclarecimentos do edital
3. Sessão pública para recebimento da documentação da empresa e propostas
4. Habilitação das empresas
5. Julgamento das propostas
6. Publicação do resultado
7. Recursos (quando alguma empresa não concorda com o resultado)
8. Adjudicação/Homologação
9. Contratação
10. Ordem de serviço

Fonte: Ferroviando
Data: 04/12/2018

Mais...


Leia Também:
Anterior:

Próxima: