Em palestra na M&T, SSAB mostra as vantagens do uso de aços de alta resistência em máquinas e equipamentos

Evento foi ministrado pelo Gerente técnico na SSAB Leonardo Vieira e abordou os benefícios da utilização de aços de alta resistência nos setores da construção e mineração, as possíveis aplicações, além de cases e métricas que comprovaram maior vida útil, menor custo de manutenção e redução no peso nos equipamentos

A SSAB, multinacional sueca líder mundial na fabricação de aços de alta resistência, promoveu na terça-feira (27), palestra sobre as “Vantagens e benefícios do uso de aços de alta resistência em máquinas e equipamentos”, na Arena de Conteúdo da M&T Expo 2018 – Feira Internacional de Equipamentos para Mineração e Construção, que aconteceu no final de novembro, no São Paulo Expo. O palestrante Leonardo Vieira, Gerente técnico na SSAB, engenheiro mecânico e mestre em soldagem com 14 anos de experiência em processos de fabricação, desenvolvimento de produto e controle de qualidade, mostrou como os mercados de construção e mineração podem transformar em benefício a aplicação de aços de alta resistência em equipamentos, tanto para reduzir peso e consumo de combustível, quanto para aumentar a capacidade de carga.

Durante a palestra, Leonardo abordou sobre os dois principais aços de alta resistência comercializados pela SSAB para os setores de máquinas e equipamentos: o Strenx, produto desenvolvido para proporcionar alta resistência estrutural, permitindo a redução de peso, aumento de capacidade de carga, fabricado entre 650 a 1300 Mpa de limite escoamento; e o Hardox, chapa resistente ao desgaste, que possui alta dureza entre 350 a 650 HBW, mantendo um excelente nível de tenacidade e permitindo maior vida útil.

“Equipamentos fabricados com o aço Strenx ou Hardox resultam em produtos com maior desempenho e segurança. Se quero reduzir peso e aumentar a capacidade de carga ou aumentar o alcance, posso utilizar o Strenx; se busco maior resistência ao desgaste, resistência ao impacto para aplicações severas, maior resistência de deformação, e ainda posso me beneficiar de chapas mais finas, o mais indicado é o aço antidesgaste Hardox”, explica o engenheiro.

Leonardo Vieira exemplificou por meio de cases de sucesso e métricas de benefícios dos materiais, as propriedades e capacidades dos aços Hardox e Strenx. “Um chassi de implemento rodoviário, por exemplo, produzido com aço Strenx 700MC, ganha um design atualizado simplificando sua fabricação e pode ter uma redução de peso de mais de 30% no equipamento; em um Bi-Trem Basculante Graneleiro, com o Strenx 700MC no chassis e Strenx 700CR na caixa de carga, é possível reduzir peso, aumentar capacidade de carga, e reduzir o consumo de combustível quando roda vazio, além de outros ganhos no custo de operação”, explica.

Para equipamentos de içamento como os guindastes, também há ganhos significativos. “Se imaginarmos um guindaste 10% mais leve, a capacidade de carga pode ser aumentada; na posição mais interna, o peso próprio não importa tanto e mesmo assim, a carga útil pode ser aumentada em 3%; mas, quando operamos na extensão total da lança, já poderemos levantar mais do que reduzimos, ou seja, tiramos 10% do peso e aumentamos a capacidade de carga em 12%”.

Já a aplicação do Hardox pode ser em basculantes, caçamba de carregadeira, grelha de entrada de britador, revestimento de britadores, correias transportadoras, peneiras e moega de pilha pulmão entre várias outras possibilidades. O engenheiro também destacou o Hardox® 500 Tuf, nova geração de chapas antidesgaste Hardox® para basculantes, caçambas de escavadeiras e contêineres, apresentado durante a M&T Expo 2018.

Fonte: SSAB

Mais em http://transportedigitalnews.com.br/site/em-palestra-na-mt-ssab-mostra-as-vantagens-do-uso-de-acos-de-alta-resistencia-em-maquinas-e-equipamentos/

Mais...


Leia Também:
Anterior:

Próxima: