TOYOTA ETIOS: qual versão se destaca como a mais desvalorizada?

Há sete anos no mercado brasileiro, o modelo da japonesa Toyota se destaca com menor desvalorização na versão topo de linha

Lançado em 2010 na Índia, o Etios é uma aposta especial da Toyota. O modelo, que chegou ao mercado brasileiro em 2012 com seus dois modelos de carroceria (sedã e hatchback), não agradou logo de cara por seu design, digamos, “diferenciado”, mas acabou por contar com a força da marca e sua fama de robustez para aumentar seus volumes de vendas. O sedã conta com outro trunfo: o porta-malas espaçoso, de 562 litros.

A chegada do Yaris enfraqueceu um pouco a oferta de versões do Etios, mas ele continua a ser o Toyota mais barato do Brasil. Pensando nesse cenário e em ajudar os consumidores a realizarem compras mais conscientes, a KBB Brasil montou um ranking com as versões que mais e menos desvalorizam do Etios.

A tabela KBB mostrou que o modelo segue um padrão de mercado: suas versões topo de linha possuem menor desvalorização se comparadas às versões de entrada. O grande campeão foi o Platinum 1.5 16V AT Flex Hatch, com 10,88% de desvalorização, mostrando que essa versão mantém uma depreciação ligeiramente menor que a sedã, o qual apresentou 12,05% a menos que o seu valor 0km. Já a versão que mais desvalorizou foi a versão sedã do X 1.5 16V AT FLEX, com 14,31% a menos do seu valor inicial no seu segundo ano de uso.

Para entender melhor a comparação entre as versões, veja como fica a tabela de desvalorização da menos à mais desvalorizada:

A KBB utiliza tecnologias de análise de dados e Big Data para produzir os levantamentos de precificação e desvalorização de veículos novos e usados. Os valores aqui presentes são gerados por meio de um complexo algoritmo, que analisa diversos fatores de comportamento do mercado automotivo brasileiro, além de seguir uma rígida análise de especialistas. A empresa atua com o propósito de conscientizar os consumidores na compra e venda de carros a partir da determinação de preços justos.

Sobre a Kelley Blue Book

Criada em 1926 nos Estados Unidos, a Kelley Blue Book é referência em preços de carros novos e usados tanto para quem compra quando para quem vende. Ela usa como base de cálculo para o Preço KBB valores de mercado praticados regionalmente. Também é a única a produzir uma tabela que leva em conta fatores como quilometragem, cor, nível de equipamentos e estado de conservação do veículo. E que permite que ninguém perca dinheiro na negociação: seja de um novo ou de um usado. Também oferece conteúdo editorial abrangente em texto e vídeo, com dicas e avaliações de especialistas, ferramentas para comparação de carros e opinião do dono.

Referência em precificação no mercado automotivo norte-americano, a KBB também tem operação em Portugal. Oficialmente no Brasil desde outubro de 2017, a Kelley Blue Book é baseada em Irvine, Califórnia, e faz parte da Cox Automotive.

Sobre Cox Automotive

A Cox Automotive, Inc. está transformando a forma como o mundo compra e vende veículos por meio de soluções para consumidores, fabricantes e revendedores em todas as fases da experiência automotiva. A empresa global tem cerca de 34.000 membros na equipe, em mais de 200 escritórios em todo o mundo, que atendem mais de 40 mil clientes.

A Cox Automotive é uma subsidiária da Cox Enterprises Inc., uma companhia com sede em Atlanta cujas receitas ultrapassam US$ 20 bilhões. Para mais informações sobre a Cox Automotive, visite www.coxautoinc.com.



Leia Também:
Anterior:

Próxima: