JSL diz que em 2018 registrou lucro recorde. CSBrasil responde por cerca de 10% da receita líquida do Grupo

Ônibus de fretamento. Aquisições de coletivos representaram 4,8% do Capex em 2018. Foto: Lucas Oliveira – Clique na foto para ampliar

Investimentos em aquisição de ônibus representaram 4,8% de todo CAPEX líquido no ano passado

ADAMO BAZANI

O Grupo JSL informou nesta terça-feira, 12 de março de 2019, que no ano passado registrou lucro líquido recorde de R$ 189,2 milhões, valor 11 vezes maior que o lucro de R$ 16,7 milhões de 2017.

Já a Receita Líquida foi de R$ 8,1 bilhões em 2018, um crescimento de 12,3% em relação a 2017.

O grupo ainda informou que o lucro em descontar os juros, impostos, depreciação e amortização “também bateu recorde e atingiu R$1,6 bilhão, um aumento de 29,9% em relação a 2017, com margem de 24,9%, uma expansão de cerca de 2,3 p.p., contando com a contribuição de todos os nossos negócios.”

O Grupo JSL possui uma série de negócios relacionados aos transportes, como aluguel de frotas de veículos leves e pesados, revendas, operação de caminhões e ônibus, tanto urbanos pela CS Brasil, como de fretamento pela JSL Logística.

Em nota, o grupo atribui os bons resultados à recuperação econômica brasileira e à restruturação dos negócios.

“Esse resultado é consequência de toda a restruturação feita ao longo dos últimos 3 anos, que começa a refletir positivamente na rentabilidade das nossas empresas através de plataformas de negócios independentes e da gestão focada no negócio.” – diz a nota.

A Receita Líquida da CSBrasil em 2018 foi de R$ 829 milhões, pouco mais de 10% da receita de R$ 8,07 bilhões de todos os negócios dos grupo

Os investimentos em ônibus representaram 4,8% de todo o Capex, que são os recursos para adquirir bens físicos ou serviços que podem expandir a capacidade de gerar lucro do grupo. O Capex líquido foi de R$ 558,9 milhões em 2018.

Ainda de acordo com o comunicado, considerando a receita líquida da JSL Logística, que engloba os ônibus de fretamento, o crescimento foi de 6,1%.

“A JSL Logística e a CS Brasil apresentaram juntas uma Receita Líquida de R$ 4 bilhões, um crescimento de 6,1%, assim como um EBITDA de R$ 635 milhões, 11,9% maior comparado ao período anterior. A Logística reforçou seus resultados através de maior eficiência, redução de seus custos e por meio do reequilíbrio de preços visando rentabilidade adequada, ao passo que a CS Brasil tem tido oportunidades de disputar várias concorrências de locações de veículos leves e pesados em empresas de capital misto público e privado”. – diz o comunicado do balanço, que ainda traz uma declaração atribuída ao diretor da JSL Logística, Jorge Lima.

Lima cita uma série de fatores para os resultados positivos, dentre os quais, ajustes nos valores dos contratos.

“Em 2018, a combinação de maior crescimento da receita e do controle de despesas administrativas, além do ganho com ajustes de preços de contratos ao longo do ano, contribuíram para o crescimento do EBITDA e o incremento da margem operacional. Entendemos que este é o início da recuperação e que temos muito mais a entregar.” – disse no balanço

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Mais em https://diariodotransporte.com.br/2019/03/12/jsl-diz-que-em-2018-registrou-lucro-recorde-csbrasil-responde-por-cerca-de-10-da-receita-liquida-do-grupo/



Leia Também:
Anterior:

Próxima: