Prefeitura de Campos lança edital de licitação para novo sistema de transporte público coletivo

Foto: prefeitura de Campos dos Goytacazes

Transporte Coletivo Alimentador de Passageiros fará parte do novo Sistema Integrado de Transporte Coletivo da cidade mais populosa do interior do Rio de Janeiro

ALEXANDRE PELEGI

“Um importante passo para a implantação do novo sistema de transporte público do município”.

É desta maneira que a Prefeitura de Campos dos Goytacazes, cidade do Rio de Janeiro com mais de 500 mil moradores, anunciou o lançamento nesta segunda-feira, 11 de março de 2019, do serviço de Transporte Coletivo Alimentador de Passageiros.

Lançado no Diário Oficial do município pela Comissão Permanente de Licitação do Instituto Municipal de Trânsito e Transporte (IMTT), o edital define o novo sistema, que será composto por linhas alimentadoras (vans e micros) e linhas troncais (ônibus).

Para a implantação do novo modelo de transporte, a prefeitura realizou no ano passado 10 audiências públicas, iniciando pela apresentação na Câmara de Vereadores, em julho, e seguindo para as áreas previstas no projeto básico.

Segundo o IMTT, a proposta do novo sistema, em fase de implantação pela Prefeitura de Campos, visa integrar transporte alimentador de menor capacidade, como van e micro-ônibus, aos ônibus comuns, em todas as áreas distritais do município, levando até terminais próximos à área urbana.

No projeto, através do sistema tronco-alimentador, haverá seis terminais de integração, um para cada região integrante do projeto, e todos os terminais contarão com monitoramento e fiscalização do IMTT.

Os veículos de menor porte poderão transportar o mínimo de 14 e o máximo de 30 pessoas.

A ligação entre as linhas tronco (ônibus) e linhas alimentadoras (vans e micro-ônibus) será feita através do cartão integração e não haverá nenhum custo adicional para o usuário.

O presidente do IMTT, Felipe Quintanilha, afirma que através do Sistema de Transporte Coletivo Alimentador de Passageiros, o transporte alternativo passa a ser parte integrante do sistema, com características específicas. Ele explica como isso ocorrerá:

Os princípios do novo sistema são a economia e eficiência no transporte público dentro de uma proposta em que seja trabalhado em dois sistemas que se comuniquem, um colaborando com o outro.  O município de Campos é o maior do estado do Rio de Janeiro (três vezes maior que a cidade do Rio) e quase duas vezes a cidade de São Paulo. São mais de 4 mil km² de área e com uma característica muito peculiar: grande parte da população (72%) está num perímetro que não passa de 60 km ² (1,5% da área total do município) – nos outros 98,5 % de área no município (mais de 3.900km²), residem 160 mil pessoas de maneira não uniforme. Pensando nisso, foi desenhado um novo sistema, onde as regiões distritais terão um atendimento condizente com suas respectivas realidades”.

campos dos goytacazes

Segundo a prefeitura de Campos informa em seu portal na internet, o IMTT publicou na sexta-feira, 8 de março, o ato justificativo da delegação de permissão para prestação de serviço no transporte coletivo alimentador de passageiros.

Ontem, o Diário Oficial do Município traz a publicação do aviso da licitação do sistema alimentador, que acontecerá no dia 26 de abril, às 10h.

Para participação no processo de licitação, é necessário seguir critérios como: ser pessoa física com experiência anterior no transporte de passageiros e será avaliada, ainda, a idade do veículo; presença de multas na Carteira Nacional de Habilitação (CNH); além da participação em cursos voltados ao aperfeiçoamento no transporte de passageiros, entre outros.

Clique no link para obter o edital completo: edital_campos

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Mais em https://diariodotransporte.com.br/2019/03/12/prefeitura-de-campos-lanca-edital-de-licitacao-para-novo-sistema-de-transporte-publico-coletivo/



Leia Também:
Anterior:

Próxima: