Motoristas de ônibus de Porto Velho (RO) entram em greve

Categoria demanda pagamento dos salários dos trabalhadores

JESSICA MARQUES

A volta para casa dos moradores de Porto Velho, em Rondônia, ficou complicada no fim desta sexta-feira, 15 de março de 2019, para quem utiliza o transporte público. Os motoristas de ônibus entraram em greve novamente.

O motivo continua o mesmo desde o início do mês: a categoria demanda o pagamento do salário dos trabalhadores.

Ao portal Rondonoticias, o secretário Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes, coronel Nilton Gonçalves Kisner, informou que um acordo entre o Sitetuperon (Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas de Transporte Urbano de Passageiros do Estado de Rondônia) e o Consócio SIM foi feito, e grande parte dos pagamentos já foram repassados pelo município ao Sindicato.

Em 1º de março de 2019, houve uma greve no transporte coletivo da cidade. O motivo foi a demissão de 120 funcionários pelo Consórcio SIM, ocorrido no dia 28 de fevereiro.

No mesmo dia, a Prefeitura de Porto Velho, por meio da Superintendência Municipal de Licitações – SML, publicou no Diário Oficial do Município a licitação para concessão da prestação do serviço público de transporte coletivo urbano de passageiros.

Relembre: Rodoviários de Porto Velho entram em greve no mesmo dia em que prefeitura lança licitação do transporte

Segundo a Prefeitura, o critério de julgamento é para a melhor proposta técnica, com o menor valor da tarifa do serviço público, a ser prestado conforme previsto no caput do artigo 40, da Lei Federal nº 8.666/1993 e inciso V do art. 15 da Lei Federal nº 8.987/1995.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Mais em https://diariodotransporte.com.br/2019/03/15/motoristas-de-onibus-de-porto-velho-ro-entram-em-greve/



Leia Também:
Anterior:

Próxima: